SOB A LUZ DO REFLETOR – Até Quando, Marcão?

Compartilhe

Acontece alguma coisa muito estranha no Fluminense. Nosso último jogo, a derrota contra o Juventude, foi no dia 14/11, ou seja: Finalzinho da temporada. Como podemos cometer os mesmos erros de fevereiro? Onde essa turma aprendeu futebol eu não sei, mas isso já transcende a sabedoria do velho esporte bretão. Eu duvido que numa empresa de sucesso, um diretor permita que seu gerente cometa os mesmos erros durante meses, mesmo que as vezes ele dê um jeito de consertar o próprio erro, mas se ele volta a cometer seguidamente…é rua na certa!

Até quando vamos ter que aturar esse esquema louco, de dois caras abertos na ponta acompanhando laterais adversários deixando o meio vazio? Até quando vamos aturar armadores sendo escalados como segundo atacante ou como pontas, acompanhando laterais? Até quando nosso garotos vão estourar ou terem que ser substituídos no início do segundo tempo, porque não aguentam a insanidade desse esquema? Até quando vamos aguentar Lucca e Caio paulista de titulares e por vezes permanecerem em campo com zero participação no jogo? Até quando, Marcão?

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

O mais assustador é ter visto uns lampejos de entendimento do nosso técnico, quando conseguiu consertar o próprio erro e fez a gente ganhar alguns pontos importantes, e depois ele retornar ao esquema falido e ridículo que hoje atua o Fluminense.

Marcão entra com 2 volantes, Arias, Lh, JK e Fred contra o Sport no Maracanã. Boa escalação no que podia ser até um 442. Arias não vai bem, mas Marcão insiste no esquema e coloca Cazares, que com um bom trio na frente joga bem e Flu acaba ganhando no final, mas perdendo alguns gols. Marcão estraga tudo no jogo seguinte contra o Grêmio, lançando 3 volantes, Cazares e só LH e Jk na frente, sendo que o primeiro se mata de correr atrás de lateral e sai machucado. Cazares não consegue render, não tem opção de passe, só Jk tenta aparecer. É pouco, Flu perde.

Marcão entra contra o Palmeiras com uma escalação ruim: 3 volantes, Arias, Fred e Caio Paulista. Meu Deus, observem bem a escalação que conta com Wellington. São 3 volantes, Arias (que ainda não consegue se adaptar), Caio Paulista (inútil) e o veterano Fred. Como ameaçar o gol adversário? Arias vai da a bola para quem? Para o Fred em final de carreira ou para o trombador Caio paulista? Precisa fazer curso de futebol para vê que não vai dá certo?
Big Mark entra em ação, joga Biel no lugar do Caio e Lucca no lugar do Arias, time melhora, acha um gol, pressiona, mas só vira um time mesmo quando ele entra com Cazares no lugar do Martinelli. Aí vc tem 2 volantes, armador, meia atacante e 2 atacantes, mesmo que um deles seja o Lucca. São opções para quem sabe jogar. Cazares e Biel municiando ataque rápido, repito: mesmo que um deles seja o Lucca.

Tudo indica que Marcão entendeu o espirito da coisa. Acertou contra o Sport, retornou ao erro contra o Grêmio. Errou no início contra o Palmeiras e acertou durante o jogo. Agora vai, rumo a Liberta….não, não vai!

Marcão escala: 3 volantes, Lucca, Caio Paulista e JK. Primeiro de tudo: Escalar Lucca ou Caio Paulista deveria ser proibido. Escalar os dois é justa causa. Segundo: Quem Marcão achou que iria armar o jogo? Como funciona esse esquema? Qual o sistema de saída de bola e chegada na área adversária para fazer o gol, objetivo desse esporte?

O pior ainda estava por vir. Ignorando a falha ridícula do Marlon no gol adversário, que teve uma excelente jogada ensaiada, algo que não vimos no Flu há anos, Lucca levou amarelo e zuniu quase fora do estádio, 2 chutes sem ser pressionado. Ruindade mesmo. Marcão resolveu premia-lo e pasmem, ele ficou até o final em campo. Repetindo: Além de estar jogando muito mal ele era o único com cartão em campo.

Marcão entrou com Cazares no lugar do inoperante Caio Paulista, mas tirou o garoto Jk da frente, que daria mais uma opção ao Cazares e colocou o bonde Abel. Manteve o esquema de 3 volantes e o Flu continuou sem conseguir agredir e levando contra ataque. Perceba que nessa hora tínhamos 3 volantes, Cazares armando o jogo e a dupla potente na frente: Abel e Lucca. É sério que a gente queria ganhar o jogo?

No desespero, entrou com Arias no lugar do Nonato, transformando assim o time em um 4 4 2, mas já era tarde e nossa dupla na frente não ajudava em nada. Se tivesse jogo até agora eles não fariam gol. Marcão errou na escalação, errou na substituição e continua errando no esquema tático, além de vermos um time sem o menor treinamento para nada. Zaga sai e o lateral fica dando condição. Na saída de bola os movimentos são todos improvisados, virando presa fácil para qualquer pressão. Na frente não há uma tabela, uma triangulação, uma falta ensaiada, nada.

Não é difícil entender que o time precisa de armador e de atacantes rápidos na frente para dar opção. Precisamos ganhar os jogos e não mais sobreviver.

Fato é que ainda estamos vivos para uma vaga na pré libertadores e isso se deve ao fato do nível baixíssimo do campeonato e termos um time pelo menos competitivo, em que as vezes a garotada da o ar da graça e saímos com uma vitória ou outra. A vaga está tão fácil, tão fácil, que basta ganhar os 3 jogos em casa que acredito que chegamos ao menos em sétimo lugar. Isso tudo depois de perder para o Grêmio, para o Juventude e para o Ceará nas últimas 5 rodadas. Se a vaga não vier, a responsabilidade é toda da comissão técnica e diretoria. Comissão técnica que insiste nos mesmos erros há quase 1 ano e diretoria que assiste a tudo de camarote batendo palma.

Toque Curto:

  • Caio Paulista, Danilo Barcelos e Lucca não podem entrar em campo com nosso manto. São ruins demais. Tudo gente boa. Podemos chamar para um churrasco, para beber uma no bar, para comer uma pizza…para jogar no Flu, não !
  • Não é coincidência nossos garotos estourarem toda hora. Não é! É o esquema!
  • Nunca pensei que teria tanta saudade do Parreira e seu tradicional 4 4 2.
  • Obrigado Marcão, já nos salvou de muito perrengue. Já nos levou para a Liberta desse ano. Obrigado mesmo, de coração, mas precisamos de um técnico.
  • Todos no Maracanã domingo. Só a torcida ara salvar o ano com uma vaguinha na pré liberta.

SDT


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.