Fala, jogador! Gilberto: “Mesmo que eu não fique, fica minha gratidão pela torcida”

Compartilhe

O Flu se despediu do Maraca em 2019 da mesma forma que estreou: com um empate. Se em janeiro começou o ano com um empate por 1 x 1 contra o Volta Redonda, pelo Carioca, ontem foi o “adeus 2019” com um empate contra o Fortaleza. O time conseguiu ultrapassar o Botafogo na disputa pela Sula, mas precisa vencer para não depender do resultado do rival para se garantir na competição internacional. Gilberto, um dos atletas tricolores com contrato vencendo, conversou com os jornalistas na saída de campo. Em tom de despedida, ele agradeceu à torcida tricolor e deixou seu futuro em aberto:

– A gente ainda não conversou (sobre renovação). Estava em um momento complicado, de luta contra o rebaixamento, e falei com meus empresários para focar só nos jogos. Então, vamos focar nesse último jogo, porque precisamos dessa vaga na Sul-Americana. Mesmo que eu não fique, fica como agradecimento para a torcida. Mesmo tendo criticado, também me apoiaram muito em 2018 e também nos últimos jogos – e seguiu – Sempre deixei claro que me sinto à vontade aqui. Gosto do clube, minha família é daqui, sou carioca. Mas, não depende só de mim. Depende também do Fluminense. Vamos pensar nisso depois do jogo contra o Corinthians.

O lateral ainda revelou que o grupo confia na palavra do presidente, quando o assunto são os atrasos de salários:

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

– O presidente prometeu quitar tudo depois da última rodada. Não estaremos mais aqui para cobrar, mas confiamos na palavra dele. Fomos muito profissionais durante o ano, nunca demos problema, ninguém nunca procurou fazer nada de errado. É o que a gente merece.

O Flu se reapresenta hoje a tarde, no CT, onde inicia a preparação para o último jogo do ano, contra o Corinthians no domingo. Uma vitória, nos garante na Sula 2020.

ST

Foto: Lucas Merçon/FFC


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.