Nino destaca importância da arquibancada e diz: “Estamos preparados para fazer um bom resultado”

Compartilhe

Nesta quinta-feira (23/06), o Fluminense entra em campo, às 19h, pelo jogo de ida das oitavas de finais da Copa do Brasil.  No Maracanã, o Tricolor terá o forte apoio de sua torcida que promete comparecer em peso para o duelo frente ao Cruzeiro, atual líder da segundona. Capitão do Time de Guerreiros, Nino ressaltou a força do adversário, mas destacou importância do apoio da torcida que se fará presente no templo do futebol brasileiro.

Nino é esperado entre os onze diante do Cruzeiro pela Copa do Brasil 2022
Nino é o capitão do Flu na ausência de Fred – Foto: Marcelo Gonçalves/FFC

Embalado pela vitória no fim de semana e na expectativa por casa cheia logo mais, o Fluminense encara o Cruzeiro na noite desta quinta-feira pela Copa do Brasil. Após despachar o Vila Nova-GO na rodada anterior, o Tricolor se prepara para a fase de oitavas de finais e espera continuar avançando para fazer história. Para tal objetivo, a equipe foi abraçada pela sua torcida, que deve comparecer em grande número hoje no Maracanã para o jogo de ida. Segundo a última parcial divulgada pelo clube em suas redes, mais de 40 mil ingressos já foram vendidos para o confronto.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Liderando a equipe dentro de campo na ausência de Fred, o zagueiro Nino é esperado entre os titulares e com a faixa de capitão. Diante do apoio da torcida Tricolor, o defensor valorizou a força da arquibancada e destacou as qualidades do adversário:

“É uma competição muito importante para a gente, um jogo que vai ser muito difícil, contra uma equipe que vem muito bem na temporada. A gente espera contar com o apoio da nossa torcida para poder fazer um bom jogo nesses primeiros 90 minutos. Estamos preparados para fazer um bom resultado”.

Torcida Tricolor promete comparecer em grande peso no Maracanã (Foto: Lucas Merçon/FFC)

A volta do confronto mata-mata está marcado para acontecer no dia 12 de julho, no Mineirão, e apesar do gol fora não ser mais um critério de desempate, vencer dentro de seus domínios ainda é de suma importância numa eliminatória nesses moldes. Nesse sentido, Nino ressaltou que são necessários 180 minutos de bom aproveitamento para avançar rumo à próxima fase:

“A gente sabe que no final o que conta são os 180 minutos, e a gente precisa ter um equilíbrio para que este fator, de eles decidirem em casa, não faça a diferença. A gente sabe que é difícil jogar no Mineirão, mas a agente também sabe que é muito difícil jogar contra a gente no Maracanã, e a gente conta com o apoio da nossa torcida”.

ST


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.