Justiça penhora mais de oito milhões do Fluminense em ação movida pela Caixa

Compartilhe

O Fluminense sofreu uma penhora milionária por conta de uma dívida com a Caixa Econômica Federal, em ação que corre há 17 anos. O juiz federal Alfredo Jara Moura, da 10ª Vara Federal de Execução Fiscal da Justiça Federal do Rio de Janeiro (JFRJ) bloqueou R$ 8.723.502,55, dos cofres tricolores, com o valor recaindo sobre a FluTV e nos direitos de transmissão do Grupo Globo. O Flu tem direito de entrar com recurso. A informação foi trazida em primeira mão pelo site Esporte News Mundo, e confirmada por nossa reportagem.

O Google, empresa que detém o YouTube, determinou a transferência “da totalidade dos créditos a serem recebidos pelo clube executado em decorrência de transmissão e publicidade”, através da FluTV, para conta judicial, até o valor estabelecido para o bloqueio. Por esse motivo, está penhorado toda verba arrecadada pelo Fluminense nas transmissões da final da Taça Rio e do primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca.

Outra determinação do processo foi a penhora de 15% da verba que o Fluminense tem a receber da Rede Globo, por direitos de transmissão de seus jogos.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

 


Compartilhe

2 thoughts on “Justiça penhora mais de oito milhões do Fluminense em ação movida pela Caixa

  • 17/07/2020 em 21:44
    Permalink

    Pois e galera a verdade pelos tapetes e vitrais das Laranjeiras estão aparecendo lembra porque o fluminense era o único que nao tinha patrocínio da caixa ….ai esta porque sr…. st… ficaram dando desculpas farapadas sr mario contínua pois é…. nunca pode ter o patrocinio o máster.. eles querem acinarem contratos de permutas pagando salário de jogadores como era da Unimed. Todos seram penhorados…

    Resposta
  • 18/07/2020 em 11:15
    Permalink

    O que prendeu o patrocínio da CEF ao Fluminense foram as ausências de certidões negativas (da Previdência e do FGTS). Precisa-se ver o que a CEF cobra na ação para se falar que a dívida prejudicou o Flu.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *