Fluminense não sai do zero com Santos na estreia do Brasileirão 2022

Compartilhe

Em partida iniciada às 16h30 deste sábado, o Fluminense fez sua estreia no Brasileirão 2022. No Maracanã, o Tricolor até que tentou, mas não conseguiu sair do zero com o Santos. A equipe comandada por Abel Braga teve mais chances de ataque, dominou a posse de bola e numa batida na trave de Fred, teve sua maior oportunidade de abrir o placar. Dessa maneira, o jogo inaugural da competição deu ao Flu apenas um ponto no início de sua trajetória na competição.

Fluminense empatou em 0x0 com o Santos na estreia do Brasileirão 2022
Germán Cano foi o jogador que mais finalizou na partida – Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Os onze iniciais

Para a estreia do Fluminense no Brasileirão 2022, o técnico Abel Braga seguiu a linha de três zagueiros e Manoel seguiu na equipe. Com a ausência de Ganso, o experiente treinador surpreendeu e optou pela entrada de Nathan ao meio Tricolor. Confira a primeira escalação do Flu na competição:

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Primeira escalação do Fluminense no Brasileirão 2022
Foto: Divulgação

Primeiro tempo

O jogo iniciou sob muita movimentação das duas equipes e um domínio maior do Tricolor, que ficou mais tempo com a posse de bola e empurrou o Santos para seu campo de defesa. A primeira grande chance de gol do jogo saiu aos nove minutos. Após bate-rebate dentro da área, Willian Bigode deixou Cano em boas condições para marcar, mas o argentino bateu em cima do goleiro João Paulo. A primeira chegada do Santos aconteceu aos 21 minutos em batida de fora da área de Marcos Leonardo, sem perigo ao gol de Fábio. Enquanto o Flu se sobressaiu nas trocas de passes e maior presença do lado esquerdo do ataque com Cris Silva aparecendo bastante, o Peixe apostou nos contra-ataques e em jogadas de linha de fundo. Dessa maneira, o Santos teve sua melhor chance do jogo aos 32 minutos. Em jogada de contra-ataque, Zanocelo invadiu a área e exigiu uma boa defesa do arqueiro Tricolor. O Flu respondeu com finalização perigosíssima de Cano em bola levantada na área em escanteio de Yago. Germán Cano foi o jogador que mais vezes finalizou na meta santista, com seis tentativas em toda a primeira etapa.

Segundo Tempo:

O Flu iniciou a etapa complementar da mesma maneira que iniciou jogo: fazendo pressão na saída de bola santista e tentando manter a posse com muitas trocas de passes. A primeira chance Tricolor no segundo tempo foi a sétima finalização de Germán Cano. O argentino recebeu cruzamento dentro da área e mandou de cabeça para uma defesa tranquila de João Paulo. O Santos chegou pela primeira vez novamente com Marcos Leonardo para cobertura de Manoel. Diferente do primeiro tempo, os últimos 45 minutos de jogo começaram com maior equilíbrio e consequente menor domínio Tricolor. Aos 60 minutos de jogo, o Flu tinha 16 finalizações contra 3 do Santos. No entanto, a partida deu uma esfriada na primeira metade do segundo tempo. Nessa toada, o Flu começou uma pressão maior na reta final, porém sem grandes chances claras de gol. Aos 39 minutos, a grande chance saiu, mas o gol não. Fred recebeu belo passe de Luiz Henrique, invadiu a área e acertou o travessão da equipe adversária. O quase gol do capitão animou o Flu, que aumentou a pressão para os últimos minutos. Apesar disso, o zero não saiu do placar e ambas as equipes levaram apenas um ponto para casa.

Fred na estreia de seu último Brasileirão
Fred teve a melhor chance de gol do Flu na partida, mas acertou o travessão – Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

O Fluminense volta a campo na quarta-feira, às 21h30, pelo seu segundo jogo na Copa Sul-Americana. No Estadio Metropolitano Roberto Meléndez, na Colômbia, o Tricolor visita o Junior Barranquilla. No Brasileirão, o próximo desafio será o Cuiabá, fora de casa, no próximo sábado.

ST,

Rafa Gutierrez

 


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.