Flu não quer mais “medalhões” e direciona atenção ao mercado Sul-Americano

Compartilhe

O Fluminense quer se reforçar para restante da temporada e vai buscar os reforços nos países vizinhos, do nosso continente. A diretoria, que não intenciona trazer nenhum “medalhão” já havia descartado possibilidades de trazer o Thiago Neves (conforme informamos aqui) por exemplo. Nossa reportagem apurou ontem, que nomes como Felipe Vizeu e Paquetá (ex-rubro-negros) também estão fora dos planos tricolores. Seja por conta do alto investimento, seja por questões técnicas, o fato é que a diretoria não abriu negociações com nenhum desses. O foco, é o mercado sul-americano.

E o perfil dos jogadores já foi traçado. A ideia é achar jogadores no perfil do Michel Araújo para as posições. O jovem, que chegou como uma promessa e vem se tornando realidade dentro do plantel tricolor, agora virou uma espécie de referência, pela sua garra, comprometimento e, é claro, pelo bom futebol apresentado.

Um dos nomes mais badalados da internet, como Ignacio Ramírez (Liverpool-URU), chamaram a atenção. Mas o jornalista Caio Blois, do UOL, trouxe a informação que o Flu busca jogadores com maior poder de fogo, um matador. E o jovem, de apenas 23 anos, além de caro, não oferece tanto esse poder de finalização, já que não é especialista no jogo aéreo ou um atacante veloz. Por ora, a direção não cogita na sua chegada. A prioridade é encontrar um camisa 9, mais parecido com Evanilson do que até com o próprio Fred.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

A janela para transferência internacionais abre somente no dia 13 de outubro. Até lá, o departamento de Scout, liderado por Ricardo Corrêa, seguirá apresentando sugestões à diretoria e à comissão técnica e continuará o trabalho de sondagem, o que é perfeitamente natural nesse momento.

ST


Compartilhe

7 thoughts on “Flu não quer mais “medalhões” e direciona atenção ao mercado Sul-Americano

  • 18/09/2020 em 09:57
    Permalink

    Opa, opa… Ignacio Gonzalez, 63 gols em 123 jogos, artilheiro que sabe fazer gol chutando com as duas pernas, não serve pro Flu? Por favor, digam quem é o flamenguista que avaliou o cara assim, pra que a torcida saiba um dos culpados de vir tanto lixo de empresário. INACREDITÁVEL que tenha gente tão obtusa nessa diretoria! Se for pra trazer qualquer lixo do Uram, que promova um da base, mas falar isso do Ignacio Gonzales é loucura.

    Isso prova o nível de trairagem dessa diretoria…

    Resposta
    • 18/09/2020 em 10:04
      Permalink

      Quero crer que NÃO falaram isso. Pq seria de um cinismo gigante. Melhor falar que não têm grana pra trazer. Pq falando isso só irrita o torcedor. Mas cinismo é o que mais se espera dessa gente.

      Resposta
    • 18/09/2020 em 10:07
      Permalink

      é Ignacio Ramirez e não Gonzalez!

      Resposta
      • 18/09/2020 em 10:17
        Permalink

        Exato, Ignacio Ramirez. Perdoe o erro.

        Mas dizer que um goleador não serve pro Flu explica porque só vem pereba do Uram.

        Uram FC a todo o vapor!

        Resposta
  • 18/09/2020 em 11:02
    Permalink

    Departamento de scout trabalhando por somar, vai atrás de qualquer barulho interessante é quando se dão conta estão na boca de tubarões.
    O valor gasto com esses obtusos seria melhor aplicado em Xerém ou no Projeto de Revitalização do Complexo das Laranjeiras.

    Resposta
  • 18/09/2020 em 11:11
    Permalink

    Recado à Torcida e à diretoria, abrem os olhos com o empresário do Luiz Henrique.
    Brevemente estarão diante de mais um problema como se desnha a situação do Marcos Paulo.

    Resposta
  • 18/09/2020 em 11:25
    Permalink

    Como assim o Ignacio Ramirez não é matador só pode ser piada isso o cara tem 72 jogos e 50 gols matador deve ser o Felipe Cardoso matéria ridícula.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *