Egídio e Dodi estão entre os maiores ladrões de bola do Brasileirão

Compartilhe

O Fluminense têm dois jogadores no top5 dos jogadores com maior número de desarmes no Campeonato Brasileiro 2020. De acordo com a “Central de Estatísticas do GE“, o lateral-esquerdo Egídio lidera o ranking dos ladrões de bola com 28 desarmes até o momento. Enquanto o volante Dodi aparece em quinto, com 21, até então.

Em um time que marca de forma tão intensa quanto o de Odair Hellmann, roubar a bola do adversário é fundamental. E, nesse quesito, os números de Egídio chamam a atenção no início do Brasileirão 2020.

Mesmo sendo um dos titulares mais contestados do Fluminense no ano, o camisa 6 tem se destacado sobretudo no setor defensivo. O lateral têm uma média de 5,6 desarmes por jogo. No total, são três a mais que o segundo colocado, o lateral-direito Aderlan, do RB Bragantino.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Egídio marcando Rony contra o Palmeiras
Contra o Palmeiras, por exemplo, Egídio obteve sua melhor marca tendo realizado nove desarmes. (Foto: Reprodução/Fluminense Football Club)

Outro que vem se destacando quando o assunto é desarmes é o volante Dodi. O jogador, que tem atuado de forma mais recuada nos últimos jogos, tem média de 4,2 desarmes nas cinco partidas que atuou. Atualmente, o camisa 22 está atrás, além de Egídio e Aderlan, do lateral Saravia, do Internacional, e do volante Fernando Sobral, do Ceará, respectivamente.

Confira o top5 dos jogadores com mais desarmes abaixo:

  1. Egídio (Fluminense): 28
  2. Aderlan (RB Bragantino): 25
  3. Saravia (Internacional): 24
  4. Fernando Sobral (Ceará): 23
  5. Dodi (Fluminense): 21

Jogadores com mais roubadas de bola pelo Fluminense no Brasileirão

Egídio e Dodi são disparadamente os jogadores com mais desarmes no Fluminense. Enquanto a dupla soma, até então, 49 desarmes, os outros três, que completam o top5, somam 33.

Mas, nesse quesito, vale destacar a presença do polivalente Michel Araújo. O uruguaio já havia comentado, em entrevista coletiva, que era muito cobrado em seu país natal por marcar pouco. Entretanto, o jogador, que conquistou um lugar no time de Odair Hellmann, aparece como terceiro maior ladrão de bolas do Tricolor no Brasileirão.

O camisa 15 é seguido de perto pelo zagueiro Luccas Claro, que além de estar entre os que mais desarma no Flu, tem a marca impressionante de ser o único defensor que ainda não foi driblado na competição.

Confira o top5 do Fluminense abaixo:

  1. Egídio: 28
  2. Dodi: 21
  3. Michel Araújo: 12
  4. Luccas Claro: 11
  5. Igor Julião: 10

Compartilhe

Lucas Meireles

Jornalista formado pela UFRRJ, apaixonado por esportes e pelas boas histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.