Flunel do Tempo — Há 71 anos, Fluminense vencia Barcelona Guayaquil por 6 a 4 no Equador

Compartilhe

Faz muito tempo desde que o Fluminense e o Barcelona de Guayaquil se enfrentaram pela primeira vez no Equador. Em 1950, uma excursão levou o Tricolor — vice-campeão carioca — a disputar um amistoso contra o então atual campeão equatoriano. E — assim como nos dias atuais — los Toreros deram bastante trabalho. O primeiro tempo terminou empatado em 2 a 2 mas, no fim, o Flu venceu por 6 a 4.

Desta vez, a máquina do Flunel do Tempo voltou bastante ao passado. A um futebol muito diferente do que conhecemos hoje. No ano em que Assis Chateaubriand fundou a primeira emissora de televisão, a TV Tupi, o esporte mais popular do planeta nem poderia sonhar que um poderia ser assistido nas telas cada vez maiores das smart tvs e nas telinhas dos smartphones. Se alguém chegasse do futuro e dissesse que, “em 2021, uma partida entre Barcelona Guayaquil e Fluminense pela Libertadores no Equador seria transmitida via internet pelo Facebook Watch” teria que explicar quase que literalmente toda a frase.

Página do Jornal dos Sports falando sobre a vitória do Fluminense sobre o Barcelona Guayaquil no Equador
Entre notícias de São Cristóvão, Madureira, do boxe e anúncios de espetáculos de teatro e dentadura americana, o Jornal dos Sports destacou a vitória tricolor (Foto: Reprodução/Jornal dos Sports)

Em 1950, o Flu se aventurava pela América. O Tricolor já havia passado por Bolívia e Peru. E quis o destino que o primeira adversário em terras equatorianas fosse o mesmo da noite de hoje. Naquela época, para levar o seu nome pelo mundo, era comum que os clubes organizassem excursões para enfrentar times locais.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Para se ter uma ideia do peso destas excursões, enquanto o Fluminense enfrentava o Barcelona Guayaquil no Equador e o Botafogo encarava o Deportivo Italia na Venezuela, os dois também disputavam um Clássico Vovô com times mistos em Laranjeiras.

O jogo nos jornais

Se hoje podemos nos comunicar com qualquer parte do mundo a qualquer momento, em 1950 não era assim. Talvez por isso, os jornais tenham dado tão pouco destaque a vitória do Flu contra o campeão equatoriano.

O Jornal A Noite, um dos mais populares do Rio, por exemplo, trouxe uma notícia do boxe na capa e de um homem nu tomando banho no alto do chafariz da Praça XV. Enquanto o Jornal dos Sports destacava a destituição do Valdemar Mota, Jair Tovar e Gaspar Silva da então Federação Metropolitana de Football — uma das antecessoras da Ferj.

Nas páginas internas, os jornalistas pareceram se surpreender com as dificuldades impostas pelo adversário. Em meio a expressões em inglês como “team” e “football”, destacavam o espírito combativo dos equatorianos.

Jornal A Noite destacou mais a goleada do Fluminense no Clássico do que a vitória sobre o Barcelona Guayaquil no Equador
Jornal A Noite falou muito pouco sobre como foi o jogo (Foto: Reprodução/A Noite)

O que se sabe, no entanto, é que a primeira etapa — assim como jogo de semana passada no Maracanã — terminou empatado em 2 a 2. Mas, no segundo tempo, o uruguaio Ondino Viera acertou o time e, nos minutos finais, o Tricolor garantiu a vitória por 6 a 4. Carlyle (duas vezes), Tite, Didi e Silas (duas vezes) marcaram para o Flu, enquanto Chuchua (duas vezes) e Jimenez (duas vezes) marcaram para o Barcelona.

O Flu ainda retornaria invicto do Equador depois vencer o Guaiaquil FC e empatar com o Emelec.

Ficha técnica – Barcelona Guayaquil 4 x 6 Fluminense

Estádio: George Capwell, Guayaquil

Data: 22/04/1950

Árbitro: Gustavo Mathews

Barcelona: Roma, Sanchez e Benitez; Montalvan, J. Campos e Solis; Jimenez, J. Cantos, Chuchua, Vargas e Andrade.

Fluminense: Veludo, Lafaiete e Pinheiro; Waldyr, Oliveira e Mario, 109, Carlyle, Silas, Didi e Tite. Técnico: Ondino Viera

ST


Compartilhe

Lucas Meireles

Jornalista formado pela UFRRJ, apaixonado por esportes e pelas boas histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.