#ÉPeloFlu se aproxima de meta: clube chega a 33 mil sócios

Compartilhe

A campanha de adesão de sócios #ÉpeloFlu- criada pelas por diversas páginas direcionadas ao Fluminense e impulsionada por todos os torcedores tricolores – está chegando perto da sua primeira meta: a marca de 36 mil sócios. Até a produção desta matéria, já são 33.166 sócios adimplentes – contagem que pode ser acompanhada pelo portal do sócio no site oficial do clube.

A meta principal é que até o dia 21 de julho – aniversário do Fluminense – chegue aos 36 mil.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Diversas postagens são feitas semanalmente por diversas páginas com conteúdo tricolor e isso, como é possível observar vem gerando resultados satisfatórios, já que até garantiu apoio da própria instituição tricolor, que abraçou a ideia, confira:

A mobilização foi tanta que, no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, a torcida confeccionou um mosaico que fazia menção à campanha elaborada.

Diversos jogadores do elenco principal – Egídio, Muirel e Hudson – também participaram da divulgação da campanha por meio de vídeos. Até mesmo o ex-goleiro do Flu, campeão brasileiro em 2010, Ricardo Berna, mandou um recado para a galera.

Vale ressaltar que o próprio presidente tricolor, Mário Bittencourt, sempre reforça em suas declarações que o principal patrocinador do clube são os sócios e por isso que é de extrema importância que esses se mantenham fiéis ao clube. É dessa forma que o Fluminense conseguirá aumentar sua receita e se estruturar cada vez mais.

Portanto torcida do Flu, não deixe de ser sócio e ajude o clube crescer cada vez mais. Cada associação vale muito.

ST


Compartilhe

One thought on “#ÉPeloFlu se aproxima de meta: clube chega a 33 mil sócios

  • 18/07/2020 em 19:23
    Permalink

    O gatilho para a associação em massa passa por três pilares:
    1 – Revitalização do Complexo das Laranjeiras, com negociação do naming rights visando conclusão/ampliação dos CTs profissional e da base;
    2 – Realização de auditoria contábil visando responsabilização cível e criminal dos saqueadores que levaram o Clube a atual situacao com suas gestões temerárias; e,
    3 – Posicionamento institucional firme em relação à cbf, ferj e demais entes envolvidos na gestão do futebl.
    Levando a cabo tais medidas conseguirá reeleição e indicará com êxito o sucessor.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *