Com dois gols em dois minutos, Fluminense vira e vence Goiás

Compartilhe

Goiás e Fluminense protagonizaram um eletrizante 3 a 2 na noite desta quarta-feira (20), no Estádio Serrinha. O Tricolor saiu na frente com Jhon Arias, mas sofreu o empate com gol de Pedro Raúl. Chegou a levar a virada com Nicolas, porém o artilheiro Germán Cano e Willian Bigode reviraram o placar com dois gols em dois minutos.

Embora o jogo não prometesse, Fluminense e Goiás começaram a mil. Antes mesmo do relógio marcar o primeiro minuto do jogo, Ganso cruzou e Nino obrigou o goleiro Tadeu a fazer uma grande defesa.

Pouco tempo depois, aos 2 minutos, Tadeu lançou e, após um bate-rebate, a bola sobrou para Luan Dias, que chutou para fora. Em contrapartida, aos 3, Arias arriscou de fora e o goleiro esmeraldino fez a defesa.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Logo após, aos 6, o Esmeraldino quase abriu o placar com Pedro Raúl. O centroavante aproveitou o erro de Nino na interceptação e saiu cara-a-cara com Fabio. No mesmo lance, o jogador do Goiás saiu reclamando de um pênalti porque a bola resvalou no braço de Samuel Xavier, mas a arbitragem de campo e o VAR mandaram seguir.

Passada a correria dos minutos iniciais, os dois times se assentaram em seus respectivos estilosos. O Tricolor trocava passes e mantinha a posse da bola, enquanto o Alviverde marcava forte e tentava sair nos contra-ataques.

Depois de Vinicius sair frente-a-frente e chutar fraco para a defesa de Fabio, em um contra-ataque aos 16 minutos, o Fluminense voltou a ameaçar aos 17. Samuel Xavier levantou de canhota e Nonato,dentro da área, desviou uma bola que passou rente a meta defendida por Tadeu.

Arias abre o placar para o Fluminense, mas Pedro Raul empata para o Goiás ainda no primeiro tempo

O gol, no entanto, só saíria aos 27 minutos da etapa inicial. Ganso encontrou Arias livre pela esquerda. O colombiano então ajeitou e, com calma, tirou do goleiro Tadeu para abrir o placar na Serrinha. Um gol parecido com o que o camisa 21 anotou na vitória por 3 a 0 sobre o Cruzeiro.

Jhon Arias finaliza para abrir o placar na vitória do Fluminense sobre o Goiás
Finalização de Jhon Arias no detalhe. Colombiano marcou o 10º em 2022 (Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

O Fluminense ainda teve a chance de ampliar aos 30. Após cruzamento de Matheus Martins e bate-rebate na área, a bola sobrou para Cano, que pegou mascado de canhota e facilitou a defesa do goleiro esmeraldino.

Mas quem marcou foi o Goiás. O Esmeraldino aproveitou o erro de leitura de Manoel no cruzamento de Savio e empatou com Pedro Raúl em uma testada firme.

Animado com o gol de empate e com o apoio da torcida, o Goiás voltou melhor para a segunda etapa. O time de Jair Ventura pressionava e impedia a troca de passes do Flu. E quase virou com Pedro Raul, de novo de cabeça, após cobrança de escanteio aos 20, mas Fabio pegou.

Fernando Diniz, em contrapartida, colocou em campo Felipe Melo, Martinelli e Nathan nos lugares de Manoel, Nonato e Matheus Martins.  O treinador também promoveu a estreia de Marrony com a camisa tricolor, colocando o atacante na vaga de Arias.

E foi em uma troca de passes entre Martinelli e Nathan que o Flu quase voltou a frente do placar. O camisa 13 fez a jogada e Caio Paulista apareceu como elemento-surpresa, mas o toque saiu a direita do gol.

Aos 31, um lance inacreditável.  Renato Junior recebeu pela direita, cruzou, a bola passou pelo Fabio, mas Nicolas bateu para fora. Só que o camisa 9 teria uma nova chance. Três minutos depois, o atacante recebeu na entrada da área e fuzilou para virar para o Goiás sobre o Fluminense.

Fluminense vira com dois gols em dois minutos

Pouco antes da virada do Goiás, Diniz havia colocado Willian Bigode no lugar de Ganso. E o camisa 17 ainda seria decisivo para o Fluminense.

Mas antes teve L! Aos 38, após duas tentativas de finalizações de Martinelli e de Nathan, a bola sobrou para Germán Cano, dentro da área, marcar o 11º gol no Brasileirão 2022.

Germán Cano comemorando o gol de empate do Fluminense sobre o Goiás
Germán Cano comemorando o 28º gol do artilheiro do Brasil na temporada. Argentino está a apenas um de igualar o inglês Victor Buchan como nono maior goleador estrangeiro da história do Fluminense (Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

E aos 40, a bola chegou para Bigode na esquerda. O atacante tentou cruzamento, a bola voltou e então Willian acertou um lindo chute, no cantinho do goleiro Tadeu. Era a virada tricolor na Serrinha.

Willian Bigode marcou gol da vitória do Fluminense sobre o Goiás
Willian Bigode comemorando o gol da vitória do Fluminense. Atacante não balançava as redes desde a goleada por 10 a 1 sobre o Oriente Petrolero, em Maio (Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

Com a vitória sobre o Goiás, o Fluminense chega 31 pontos. O Tricolor agora torce para um tropeço de Atlético-MG, Corinthians ou Inter para poder terminar a rodada no G4.

ST


Compartilhe

Lucas Meireles

Jornalista formado pela UFRRJ, apaixonado por esportes e pelas boas histórias.

One thought on “Com dois gols em dois minutos, Fluminense vira e vence Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.