Com créditos a receber, Fluminense vai costurando novos acordos e evita desgastes com credores – Sporting Crystal é um deles

Compartilhe

Se por um lado o Fluminense está conseguindo atingir objetivos mais interessantes no Brasileirão – sobretudo em comparação aos últimos anos – do outro o clube segue sofrendo no dia a dia financeiro. Alvo constante de penhoras judiciais, o tricolor ainda precisa lidar com outra questão: o atraso dos seus recebíveis. Porto e Benfica, respectivamente, atrasaram os pagamentos por Evanílson e Gilberto e, a consequência disso, foi uma baixa na entrada de recursos que, por sua vez, está obrigando ao Flu a repactuar seus acordos. Com o Sporting Crystal não está sendo diferente.

O clube peruano está com parcelas do atacante Fernando Pacheco em aberto, pois o Flu não foi capaz de adimplir na primeira data combinada. Entretanto, as diretorias mantém contato direto para dirimir a questão e evitar problemas maiores, como ações na FIFA e todas as suas consequências. Nossa reportagem apurou que as conversas caminham para a composição de um novo acordo, acertando novos prazos para pagamento daquilo que já venceu. A princípio, os peruanos entendem o momento vivido, não só pelo Fluminense, mas no futebol mundial e estão dispostos a aguardar por novidades. Da mesma forma se procede com o Racing-URU, de onde veio Michel Araújo, e de outros acordos já celebrados.

Além de quitar os salários dos jogadores (acordo celebrado no ano passado, pela redução e novos prazos para pagamentos), a premiação do Brasileiro também poderá ser utilizada no pagamento dos débitos dos acordos – inclusive se estuda a quitação de 100% dos mesmos, adiantando parcelas vincendas com desconto – caso os pagamentos dos portugueses não sejam adimplidos a tempo. Ainda existe a expectativa da entrada de dinheiro pela transferência de Wendel e a premiação da Libertadores (que ainda não se sabe quanto seria, pois o Flu ainda briga por G4).

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

ST


Compartilhe

6 thoughts on “Com créditos a receber, Fluminense vai costurando novos acordos e evita desgastes com credores – Sporting Crystal é um deles

  • 18/02/2021 em 11:11
    Permalink

    O Fluminense, deveria acionar Porto, Benfica e Sporting na FIFA tb. Por que nao ???

    Resposta
    • 18/02/2021 em 11:18
      Permalink

      Penso que só num momento extremo. Todos atravessa dificuldades. Primeiro o diálogo e a nova tentativa de recomposição. Depois, se não houver mais jeito…

      abs e ST

      Resposta
  • 18/02/2021 em 11:18
    Permalink

    Com essa grana nos cofres do clube a gente pode sonhar em algo melhor esse ano, se botar na ponta do lápis tem quase uns 100 milhões aí de premiação e de recebidos que ainda faltam. St

    Resposta
    • 18/02/2021 em 12:11
      Permalink

      Esse é o ano para tentar mitigar as dívidas. O ato trabalhista encerrou no final do ano passado, aliviando aproximadamente 1 milhão por mês. Cairão ainda os pagamentos de Gilberto (18 milhões), Wendel (acho q 10 milhões), Evanilson (acho q 10 milhões), kayke e Metinho (por baixo 100 milhões), fora a premiação do brasileiro 2020 e libertadores que, por baixo (sendo bem pessimista), será de 28 milhões. Ou seja se não quitarem boa parte das dívidas a curto prazo (pelo menos a metade) perco minhas esperanças de dias melhores pro Flu.

      Resposta
      • 18/02/2021 em 22:12
        Permalink

        O Fluminense corre o risco de perder pontos por dívidas com alguns jogadores??

        Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.