Após descanso, Martinelli volta a ser relacionado: “Nunca vai faltar raça para ajudar sempre o Fluminense”

Compartilhe

Poupado na última partida contra o Red Bull Bragantino, Martinelli está de volta aos relacionados e provavelmente voltará a titularidade no jogo de hoje contra o Santos. Sobre o descanso, o volante revelado em Xerém avaliou como positivo e se diz pronto para a partida de hoje.

“Estou bem, esse descanso é bom para todo jogador, deixa a gente mais disposto dentro de campo. Neste período a gente também tem todos os treinamentos para recuperar a parte física. Estou pronto para voltar e ajudar o Fluminense. A gente sabe que vai ser um jogo muito difícil, que o Santos é um adversário muito qualificado. Então nós fizemos os últimos ajustes, estamos bem preparados e esperamos conseguir esses 3 pontos que serão muito importantes para a nossa sequência no campeonato.”

Titular desde a temporada passada, quando passou a integrar o elenco profissional, Martinelli soma bons números pelo Tricolor: 33 jogos, 3 gols, 3 assistências, 58 desarmes, 49 interceptações e 87% de passes certos. Humilde, o volante destaca a importância do coletivo no desempenho individual e rasga elogios a Yago, sua dupla no meio campo.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

“Yago é um grande cara, uma grande pessoa. Além de um ótimo jogador, é um amigo meu. A gente sempre conversa nos treinamentos, tenta ajustar posicionamento. Estamos nos conhecendo cada vez mais e isso facilita muito a nossa disposição em campo. E é algo muito importante para a equipe. A torcida pode esperar muito de nós dois, nunca vai faltar raça para ajudar sempre o Fluminense.”

O jogo contra o Santos está marcado para 19h, no Maracanã, palco que completou 71 anos ontem. Martinelli aproveitou o momento para falar da experiência de atuar no maior estádio do Brasil.

“O Maracanã é um dos principais estádios do mundo inteiro. Do Brasil, para mim, é o maior. É uma honra sempre jogar nele. E nosso time fica muito confortável quando joga no Maracanã. A gente vem de grandes jogos lá, por Libertadores e Copa do Brasil. A gente fica muito à vontade e espera ir bem também pelo Brasileiro.”

ST


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.