Diretoria apostou em prêmios para o elenco para voltar à Libertadores

Compartilhe

O clima no vestiário foi um pontos principais para o sucesso do Fluminense na conquista da vaga na Libertadores desse ano. Outro fator que auxiliou no cumprimento dessa meta foi o auxílio financeiro que do clube que deu “um gás a mais” nos jogadores. A diretoria apostou em premiações para incentivar os atletas e os dirigentes, através da tradicional prática do “bicho”, que era dado em certos jogos onde o Flu saía vitorioso.

O valor era entre 150 mil e 300 mil reais, como informado pelo GE, e era repartido entre os jogadores e os funcionários do clube. Isso ajudou a construir um clima de confiança da diretoria para o elenco e a comissão técnica, apesar dos salários atrasados. Outro prêmio que foi dividido entre eles foi a uma porcentagem da quantia recebida pela quinta colocação na tabela do Brasileirão. O clube recebeu R$ 25,4 milhões e 20% desse valor foi distribuído (cerca de R$5 milhões).

ST,

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Edu Marques


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.