Wellington Silva estreia pelo Gamba Osaka e fala sobre o isolamento antes de ser apresentado: “Nunca passei por isso”

Compartilhe

O ponta Wellington Silva, cria de Xerém, estreou nesta quarta-feira pelo seu novo clube, o Gamba Osaka, do Japão. O jogador entrou em campo contra o Hiroshima Sanfrecce, em jogo válido pelo campeonato nacional, no entanto a sua equipe saiu de campo derrotada pelo placar de 2×1. O ex-Flu teve que passar por um longo processo de espera para poder estrear com a camisa do clube japonês, devido as rígidas regras do país.

“O resultado foi longe de ser o ideal, mas o sentimento é de gratidão por poder voltar a jogar futebol. Tentei algumas jogadas no segundo tempo e senti essa falta de ritmo, que é normal. Foram meses de muita dedicação fora de campo, com treinamento e exercícios na academia, sem poder fazer aquilo que mais gosto. Nunca passei por isso. Mas, entendo que por tudo que estamos vivendo no mundo era preciso ter cautela”. 

Wellington Silva na foto oficial do clube japonês (Foto: Divulgação)

 

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Wellington Silva teve que esperar no Brasil aproximadamente um mês e meio até que o consulado japonês reabrisse depois das fronteiras do país terem sido fechadas, após o aumento do número de casos da Covid-19. O atacante embarcou para o Japão somente em abril e ficou em isolamento por 14 dias em um hotel na cidade de Fukushima. Lá, realizou testagens periodicamente e seguindo o protocolo da liga japonesa. Ao fim dessas duas semanas, Wellington foi autorizado a viajar para Osaka e pode se apresentar ao seu novo clube.

“Cheguei no clube tem duas semanas e estou bem fisicamente. Realmente o que mais pesou foi o tempo sem jogar uma partida oficial e a intensidade dos treinamentos com bola junto com o grupo. Agora é questão de tempo para pegar ritmo”.

Wellington Silva em sua estreia pelo Gamba Osaka (Foto: Divulgação)

ST,

Edu Marques


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.