Mário confirma que venda de Luiz Henrique está dividida entre valores fixos e bônus

Compartilhe

Em coletiva convocada na tarde deste domingo (13), o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt confirmou a negociação de Luiz Henrique. O atleta tem destino selado, e atuará pelo Real Betis, da Espanha. O mandatário trouxe à tona as duas primeiras propostas recebidas pelo clube espanhol, de 7 e 8 milhões de euros, respectivamente. A mbas, negadas pela diretoria tricolor.

“A primeira proposta que chegou pelo jogador foi de 7 milhões de euros por 100% dos direitos. A gente negou, foi feita uma segunda investida de 8 milhões de euros também por 100%, a gente negou. Até que ali, na negociação de início do ano, diante do que o mercado entende, até para deixar bem claro, a gente teve algumas sondagens ao longo desse tempo pelo Luiz mas nada nunca maior que 10 milhões de euros em termos de sondagens. Mas a proposta real que chegou foi essa: 7 (milhões) por 100% depois 8 por 100%, o Fluminense negou ambas as propostas do Betis.

Luiz Henrique já fala sobre o jogo de terça-feira contra o Millonarios
Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C

Mário confirmou o valor oficial da venda do ”moleque de Xerém”; 13 milhões de euros, divididos entre valores fixos e bônus. O Fluminense manterá 15% dos direitos econômicos do atacante.

“Acabamos caminhando para fazer uma venda de 13 milhões de euros por 85% do atleta. A gente permanecerá com 15% dos direitos econômicos. É importante deixar isso bem claro. Se o atleta for no meio do ano, a gente terá 15% de todos os direitos do atleta. Direitos econômicos significa, qualquer venda que seja feita no futuro, o Fluminense receberá 15% do valor integral da venda, não é mais valia. Esses 13 milhões estão divididos em valores fixos e bônus e por questões contratuais eu prefiro me reservar ao direito de não falar, não só para preservar a nossa questão interna de compliance, como também para preservar as questões do clube que está fazendo a aquisição. Mas os valores globais, se você imaginar que a gente está vendendo 85% por 13 milhões de euros,  o jogador está sendo avaliado neste momento em 15 milhões de euros. Se você fizer uma regra de três, a gente está vendendo 85 por 13. Óbvio que a conta não é essa porque se ele nunca mais for vendido, a gente vendeu por 13 (milhões). Se ele jogar no Betis pelo resto da vida e nunca mais for vendido, a gente vendeu por 13. Mas se algum dia ele for vendido por 50 (milhões de euros), a gente tem mais 15% de 50 para o clube receber no futuro”.

ST

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram


Compartilhe

One thought on “Mário confirma que venda de Luiz Henrique está dividida entre valores fixos e bônus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.