Fluminense vence Santa Fe de virada em partida digna de Libertadores e se isola como líder do Grupo D

Compartilhe

O Fluminense venceu o Santa Fe, da Colômbia, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo D da Libertadores, por 2×1, com gols de Fred e Caio Paulista. Com a vitória, o Tricolor das Laranjeiras se isolou em primeiro lugar e está a um ponto de se classificar matematicamente para a próxima fase da competição internacional. O Flu que soma 8 pontos é seguido por River Plate com 6, Junior com 4 e Santa Fe com 2.

Para a partida contra o Santa Fe, o técnico Roger Machado entrou com a seguinte escalação em campo: Marcos Felipe, Nino, Luccas Claro, Calegari, Egídio; Yago Felipe, Martinelli, Nenê; Kayky, Luiz Henrique e Fred. O nosso ‘camisa 9’ foi eleito o melhor do jogo após marcar o gol de empate do tricolor e se tornar o terceiro maior artilheiro brasileiro da história da Libertadores. O atacante Caio Paulista entrou na segunda etapa e marcou o gol da virada e da vitória.

O JOGO

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Primeiro Tempo

O Santa Fe começou as suas ações ofensivas logo no início da partida. Aos quatro minutos, Arias desviou bola alta de cabeça, e achou livre González na lateral da área. Ele arriscou o chute, mas pegou errado na bola e mandou para fora. Cinco minutos depois, Luiz Henrique recebeu do Egídio na linha de fundo e cruzou na área, porém a bola passou por todo mundo.

Aos 11 minutos. Nenê achou bom passe para o Luiz Henrique na área, mas ele deixou a bola quicar, e o goleiro Castellano conseguiu chegar primeiro e segurar a bola. No lance seguinte, o Santa Fe após lançamento na área, o atacante adversário  recebeu a bola na área e Marcos Felipe saiu do gol para travar o chute.

O Santa Fe voltou a atacar com perigo aos 14 minutos, Jorge Ramos saiu da área, recebeu na linha de fundo e cruzou na segunda trave, os dois jogadores adversários se atrapalharam, a bola bateu neles e saiu passando perto do gol defendido por Marcos Felipe. Aos 20 minutos, Calegari errou o passe no ataque e armou um contra-ataque para o Santa Fe. Jorge Ramos recebeu na área, Luccas Claro fez o desarme, no entanto a bola sobrou para Osorio chegar batendo, mas Calegari voltou para bloquear o chute do adversário.

O Santa Fe aumentou a pressão e o Flu não conseguiu sair do sufoco. Os garotos que poderiam sair puxando o contra-ataque, recuaram muito para marcar as investidas do adversário. Aos 30 minutos, quase o placar foi aberto, Arboleda cruzou do lado esquerdo de ataque, González apareceu nas costas de Egídio e cabeceou sozinho na rede pelo lado de fora. Dois minutos depois, o lateral do time colombiano Porras ganhou de Yago e chutou forte da entrada da área. Marcos Felipe espalmou para escanteio.

Segundo tempo

Após etapa bem abaixo da média, o técnico Roger Machado realizou a primeira mudança na equipe no intervalo: Luiz Henrique saiu para a entrada de Gabriel Teixeira. O jovem colocou mais intensidade e velocidade na partida. Jorge Ramos soltou a pancada, bola ia no ângulo, mas Marcos Felipe fez milagre no primeiro minuto de jogo.

Kayky fez bonita jogada, cruzou na área, Fred escorou de cabeça, e Gabriel Teixeira chegou batendo de primeira. Bola foi no cantinho, e Castellanos espalmou para escanteio. Porém, aos 12 minutos, o Fluminense perdeu a bola no ataque e armou um contra-ataque para o Santa Fe. Porras viu González se infiltrando entre Luccas Claro e Nino, o atacante pegou e marcou o gol inicial da partida. Flu atrás no placar.

Porém, o gol fez com que o Fluminense entrasse na partida e dominasse o resto da partida. Dois minutos após o gol adversário Kayky fez bela jogada e tocou para Fred dominar na área e bater no cantinho do arqueiro adversário. Bola no fundo da rede e o empate voltou ao placar. 1×1.

Confira o gol do ‘camisa 9’:

Aos 21 minutos, Cazares entrou no lugar do Nenê e entrou com um gás a mais na partida. E seis minutos depois, a mudança que mudou o rumo da partida: Kayky saiu para a entrada de Caio Paulista. Já aos 29′, o ponta Gabriel Teixeira tentou alcançar cruzamento na pequena área de Calegari.

Mas seria aos 31 minutos que os dois últimos jogadores a entrarem na partida iriam brilhar em campo e serem decisivos. O meia Cazares deu lindo passe pelo alto em profundidade para Caio Paulista, o jogador dominou a bola, carregou até a área e com muita categoria achou o ângulo direito do gol. Um golaço digno de Libertadores, de Maracanã e de Fluminense. O Tricolor das Laranjeiras ficou na frente do placar se isolando na liderança do Grupo D da competição internacional.

Confira o gol da virada tricolor no Maracanã:

O Santa Fe ainda teve uma chance perigosa de empatar. Aos 34 minutos, Arias recebeu na área na linha de fundo, evitou a saída com um toque de calcanhar, e Marcos Felipe jogou para fora. Dois minutos depois, Roger decidiu mexer na equipe pela última vez, dessa vez com duas substituições ao mesmo tempo: Raúl Bobadilla e Wellington entraram no lugar de Fred e Martinelli, respectivamente.

O Fluminense por duas vezes quase ampliou o marcador, na primeira oportunidade com Yago Felipe que chutou bonito de fora da área e obrigou o goleiro adversário a realizar uma difícil defesa; a segunda foi com Raúl Bobadilla que, após escanteio cobrado por Cazares, cabeceou sem chances para o goleiro, mas o defensor adversário salvou em cima da linha.

Nos instantes finais de partida, Caio Paulista quase marcou outro golaço no Maracanã. O atacante foi lançado na linha de fundo, invadiu a área e chutou com muito perigo. Bola passou muito perto do travessão. E ao fim dos cinco minutos de acréscimo, o juiz apitou o final da partida. 2×1 Flu, em um jogo digno de Libertadores.

ST,

Edu Marques


Compartilhe

One thought on “Fluminense vence Santa Fe de virada em partida digna de Libertadores e se isola como líder do Grupo D

  • 13/05/2021 em 00:01
    Permalink

    Espero que comecemos os jogos com Gabriel Teixeira, ele da INTENSIDADE A EQUIPE!
    Me desculpe, mas Nene tem que ir para o banco, a equipe sem ele e outra! O buraco no grande circulo, deixa o meio campo adversario chegar com bola dominada, colocando nossos volantes na roda, isso desgasta e tira a moral dos nossos volantes!
    FRED: Um definidor um goleador por naturaleza!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.