Fluminense joga mal novamente e chega a terceira derrota consecutiva no Brasileirão

Compartilhe

O Fluminense foi até Minas Gerais enfrentar o América Mineiro, no Indepêndencia e perdeu a terceira partida consecutiva no Brasileirão. O Tricolor das Laranjeiras fez novamente um jogo muito abaixo do seu nível técnico e foi derrotado pelo placar mínimo marcado aos 26 minutos da segunda etapa, em falha de Manoel. E se não fosse por Marcos Felipe, e boas chances de perigo desperdiçadas pelo adversário, o placar poderia ter sido mais elástico.

O JOGO

O Roger Machado escalou o seguinte XI inicial para a partida: Marcos Felipe, Egídio, Manoel, Luccas Claro, Samuel Xavier, Martinelli, Yago Felipe, Nenê, Lucca, Kayky e Fred. A escalação contou com algumas mudanças após a ausência de alguns jogadores titulares: Luiz Henrique sentiu dores na coxa e Gabriel Teixeira apresentou um quadro de virose e, por isso, não foram relacionados para a partida. O lateral Calegari também ficou de fora pois acompanhou a esposa em uma cirurgia de emergência.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Primeiro Tempo

Nos primeiros minutos de jogo, o Fluminense mostrou um bom futebol. Logo aos seis minutos, Nenê passou cavado para Egídio. O lateral-esquerdo dominou e bateu para o gol. O goleiro adversário defendeu, mas deu rebote. Fred tentou a sobra e o arqueiro fez uma nova defesa. Porém foi a única boa chance do Tricolor nesse tempo.

Chegando na metade da primeira etapa, o nível técnico da partida caiu bastante e as duas equipes erravam inúmeros passes. Aos 25, o América-MG chegou com perigo pela primeira vez. O atacante adversário impediu a saída da bola pela lateral com toque para trás e desmontou a marcação do Fluminense. Fabrício ficou com a posse, limpou o lance e cruzou na área. A bola foi com efeito, quase surpreendeu o goleiro Marcos Felipe e bateu na rede por cima do gol.

Aos 33, Ademir recebeu bom passe de Alê em velocidade e bateu forte e no alto para o gol. Marcos Felipe realizou a primeira boa defesa e impediu que o América-MG abrisse o placar no Independência. O primeiro tempo não teve mais lances de perigo.

Segundo Tempo

Logo aos dois minutos, Chrigor recebeu em velocidade na ponta direita e bateu para o gol. Marcos Felipe fez mais uma defesa. Quinze minutos depois, após troca de passes do Flu, Martinelli recebeu de Egídio na entrada da área e arriscou o chute. A bola passou por cima do gol. E aos 16 minutos, Roger realizou as duas primeiras mudanças: Cazares e Matheus Martins entraram no lugar de Lucca e Nenê, que saiu reclamando de campo e chutou a placa de publicidade.

E os 21 minutos, depois de uma boa troca de passes pela direita, Ademir arriscou de longe e Marcos Felipe espalmou para o lado. Mais uma vez o goleiro Tricolor aparecendo para salvar a equipe. Porém cinco minutos depois, o arqueiro não conseguiu salvar o time. Patric levantou na área pelo lado direito. Após desvio de cabeça de Fabrício, Manoel falhou e praticamente ajeitou a bola para Ademir fez o gol. 1×0 América.

Dois minutos, quase que o Coelho aumentou o placar. Fabrício penetrou pela direita e cruzou na medida para Chrigor. Marcos Felipe se esticou, não conseguiu o corte. A bola sobrou livre para o atacante que acabou furando a bola. Aos 30 minutos, Roger realizou uma substituição tripla: Ganso, Abel Hernández e John Kennedy entraram em campo no lugar de Yago Felipe, Fred e Kayky.

Já aos 37 minutos, Fabrício recebeu a bola no campo de defesa, girou e dá um lançamento em profundidade de trivela para deixar Chrigor cara a cara com Marcos Felipe. O atacante bateu para o gol, mas o goleiro fechou bem o ângulo e impediu o segundo do América. Novamente, o arqueiro salvando a equipe Tricolor de tomar mais um gol.

Já aos 48 minutos, Matheus Martins engatou bom contra-ataque, porém na conclusão do lance foi travado na hora do chute. A bola foi para fora. E um minuto depois o juíz apitou pela última vez. Fim de jogo e 1×0 para o América.

ST,

Edu Marques


Compartilhe

11 thoughts on “Fluminense joga mal novamente e chega a terceira derrota consecutiva no Brasileirão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.