Flu usa parte do dinheiro de venda do Kayky para quitar dívidas – entenda a operação

Compartilhe

A venda de Kayky e Metinho ao City Football Group já está sacramentada. A do primeiro, em estágio mais avançada, restando agora somente os trâmites burocráticos, para que a operação seja 100% concluída até a apresentação do jogador na Inglaterra, em janeiro de 2022. O Flu, inclusive, já recebeu parte dos valores – pouco menos do valor fixo –  que foram utilizados para quitar o débito que o clube tinha com o elenco e funcionários e colocar tudo em “dia”.

A OPERAÇÃO:

O City Football Group adquiriu 80% dos direitos econômicos do jogador, numa operação que pode chegar até os €26 milhões. São  €10 milhões fixos (algo próximo aos R$ 66,5 milhões) mais bônus que, somados, podem chegar a mais €16 milhões (somando, ao todo, cerca de R$ 173 milhões).

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

BÔNUS:

  • € 7 milhões são atingíveis a curto/médio prazo, e são metas de performance – número de jogos, jogos como titular, quantidade de gols, convocações para a seleção brasileira etc – sendo todos eles pelo desempenho do jovem atacante por lá (diferentemente de João Pedro, que teve bônus atingidos aqui. A Fifa restringiu esse modelo);
  • €4 milhões são em metas a longo prazo – conquista de campeonatos e etc;
  • € 5 milhões referentes à uma cláusula de opção de compra dos 20% de direitos econômicos, que ficaram com o Flu;

KAYKY E METINHO: 

As negociações, como destacamos anteriormente, estão sacramentadas, entretanto, não foram casadas e estão em estágios diferentes. Enquanto Kayky restam apenas trâmites burocráticos a serem concluídos, a de Metinho os detalhes da operação ainda serão concluídos nos próximos meses. De toda forma, ele será jogador do Troyes, da França, em uma negociação que pode render até € 13 milhões de euros (R$ 86,5 milhões).

ST

Fonte: GE


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *