Fala, professor: Maurício Dulac – “Essa situação do Odair pegou todos de surpresa”

Compartilhe

O auxiliar técnico do Fluminense, Maurício Dulac, concedeu entrevista coletiva na noite deste domingo (16) após a vitória de virada do Fluminense sobre o Internacional, no estádio do Maracanã. Dulac ressaltou a concentração dos jogadores para a partida, a surpresa em saber de última hora que comandaria o time, o começo difícil do jogo, entre outros assuntos.

Situação do técnico Odair Hellmann

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

“A gente ainda precisa entender na verdade o que aconteceu. O clube vem tomando todos os cuidados no nosso dia a dia no CT. Acho que a gente não vai ter nenhum problema. Eu acredito que não seja nada, que seja alguma ocasião que nós vamos descobrir com mais tempo o que aconteceu. Mas que bom que ele conseguiu ajudar a gente também, os jogadores entenderam o mais rápido possível e conseguiram estar concentrados.”

Surpresa em saber de última hora que comandaria o time

“Essa situação pegou todos de surpresa. Fizemos todos uma preparação. Estávamos todos concentrados nesse jogo que era importante para a nossa sequência. Na verdade é uma questão que a gente não tem muita informação… Ainda busca esse tipo de informação para poder tomar as medidas. Mas buscamos rapidamente passar para os jogadores o que tinha acontecido, concentrar no jogo que era o mais importante e poder fazer uma boa partida”.

Dificuldade no início do jogo

“Achei que não começamos bem o jogo, tivemos dificuldades, não gerando grandes chances para o Inter, mas nós tivemos dificuldade no que a gente gostaria de ter feito, de ter jogado com a equipe um pouquinho mais compacta. Sofremos o gol, que novamente é um gol sem a criação do adversário… É o terceiro gol que a gente toma não de um erro propriamente dito, mas um gol estranho, que falta uma atenção, uma concentração a mais.”

Melhora da equipe na partida

“Depois, rapidamente, a gente conseguiu fazer a mudança do esquema tático, avançando mais o time e o time compreendendo, conseguindo fazer um restante de primeiro tempo bom e um segundo tempo melhor ainda. Criando chances, tendo superioridade, fazendo o que a gente quer: ter a posse de bola, criar… Acho que os jogadores de novo, como em todos os jogos, foram importantíssimos, entendendo o que a gente quer e tendo essa capacidade criação. Hoje com uma finalização muito melhor do que a gente tinha nos outros jogos.”

Evolução do time

“A gente vem trabalhando isso nos treinamentos. Os jogadores estão tendo uma boa participação. Faltava esse detalhe ofensivo, esse capricho no último passe… Mas os jogadores que nós temos no grupo para fazer essa função de meio-campo têm dado a contribuição, têm tido performance boa. Eu vejo até um pouquinho mais de tempo para ter cada vez mais fortalecido esses nossos dois sistemas táticos, tanto o 4-1-4-1, tanto as duas linhas de quatro, para que a gente tenha mais possibilidade de criação lá na frente.”

Importância de Nenê

“É um jogador extremamente importante, se doa para a equipe do Fluminense, vem fazendo bons jogos, mas nós realmente estávamos com essa dificuldade no último passe. Hoje ele fez os dois gols, contribuiu tanta na parte ofensiva, quanto no posicionamento. Depois na variação, ele já é deslocado para dentro, para ser um cara mais de meio-campo, mais centralizado, junto com o Evanilson, na movimentação de duas linhas de quatro com dois atacantes. Ele sendo esse segundo atacante ou meia, vem contribuindo. É um cara que ajuda com passe, tem a bola parada muito boa. Realmente vem contribuindo com as nossas ações tanto ofensivas, quanto defensivas.”

Planejamento para os próximos jogos

“A gente sempre espera amanhã, o pós-jogo para saber como todos os jogadores se reapresentam. Hoje é o momento da gente curtir essa vitória, esse bom jogo que a gente fez com um bom resultado. Esperar amanhã para ter essa definição… Ver como todos os jogadores vão chegar para poder definir escalação, treinamento. Acho que a gente tem um bom tempo hábil para tomar essas decisões… Contando com todo o grupo. O Odair sempre repete isso durante os treinamentos e conversas, que o grupo do Fluminense tem que ser um grupo forte. Não se ganha campeonato com um time, se ganha campeonato com um grupo. Esse tipo de competição é difícil, nós ainda temos a Copa do Brasil…”

Luccas Claro

“O Luccas fez excelentes jogos, vem contribuindo… Na parte defensiva é um jogador muito seguro, é um jogador físico. Essa sequência de jogos dele vai ser uma questão de observação de adversário. De novo ressaltando a importância do grupo. Nós temos um grupo, temos jogadores importantes naquela função. A gente pretende e acho que vai ser muito importante a utilização de todos.”

Luiz Henrique

“O Luiz Henrique é um menino que foi observado na Copa São Paulo. A gente fez questão de já colocar ele conosco desde os treinamentos virtuais. Treinamos ele em diversas posições, pra ele crescer, evoluir. É um menino que vem crescendo e espero que aproveite cada vez mais.”

 


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.