Eduardo Barros analisa vitória do Fluminense e projeta duelo contra a LDU:”Foi um jogo dificil”

Compartilhe

O Fluminense venceu o Madureira neste sábado por 1 a 0 pela nona rodada do Campeonato Carioca. Sem Fernando Diniz, expulso na última partida, quem comandou a equipe foi Eduardo Barros. Na coletiva após o duelo, o assistente técnico analisou a atuação do tricolor.

“Foi um jogo difícil realmente. Acho que nós esperávamos dificuldades. A gente sabe que os adversários vão dar a vida para marcar, vão fechar nossos espaços. Quando o gol demora a sair, o cenário vai favorecendo a estratégia do adversário. O aspecto positivo é ganhar o jogo com um time modificado. É um aspecto positivo para o decorrer da temporada. Além disso, conseguir passar mais um jogo sem sofrer gols. Mesmo com as modificações e com as chances que o adversário teve. Ao mesmo tempo que eles tiveram chances, nós também tivemos. Fizemos o primeiro gol e tivemos chances de fazer o segundo. Felizmente o resultado foi favorável para a gente.” – Disse Eduardo

FOTO DE MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC

A vitoria do tricolor marcou a última partida antes do primeiro jogo contra a LDU, pela final da Recopa. O treinador também falou sobre o duelo.

“Eu não vejo uma relação desse jogo com o jogo da LDU. Essa era a melhor equipe que tínhamos que levar a campo pensando em todos os aspectos. Deixamos treinando os jogadores que entedíamos que era importante treinar. O jogo da LDU é um jogo à parte. Comemoramos a vitória diante do Madureira. Descansa amanhã já se preparando para a semana para os dois compromissos que temos. LDU e Flamengo. Todos os movimentos que vamos fazer primeiramente é no jogo da LDU.” — Afirmou Eduardo

Pensanso na partida de quinta, o Fluminense poupou os titulares neste sábado. Durante a segunda etapa, Eduardo Barros promoveu a estreia de Marquinhos.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

“Dois jogadores que vão nos ajudar muito no decorrer da temporada. O Douglas Costa tem uma carreira que dispensa apresentações. O Marquinhos mais um dos jovens valores do futebol brasileiro. O Douglas teve um primeiro tempo de bastante participação. Ele tentou muitas jogadas que geraram algum tipo de risco para o adversário. Ele incomodou bastante a defesa do Madureira. No segundo tempo, naturalmente, ele não conseguiu manter a mesma intensidade de jogo, até por isso a substituição. O Marquinhos acabou de chegar. Considerando as duas atuações, acho que foram boas atuações.” — Completou Eduardo

Confira outras respostas do treinador:

Felipe Alves

– O Felipe Alves já atuou em algumas equipes com o Fernando. É um jogador que tem o estilo do Diniz na palma da mão. É uma excelente pessoa, um grande jogador e mais um grande reforço.

Formação tática

– A linha de três a gente observa em todos os jogos do Fluminense, de maneira mais dinâmica talvez. Inclusive, com esses jogadores, ela pode ter um caráter mais dinâmico. Tínhamos dois zagueiros de origem e o Diogo estava mais recuado que usualmente. Mas quando temos Felipe Melo e Thiago Santos, ou tinha Felipe Melo, em várias circunstâncias entram jogadores para fazer uma linha com três jogadores. Com pouco tempo para treinar, com o time mais modificado, o time acabou tendo mais com esses três que citei (Antônio Carlos, Felipe Andrade e Diogo Barbosa)


Compartilhe

21 thoughts on “Eduardo Barros analisa vitória do Fluminense e projeta duelo contra a LDU:”Foi um jogo dificil”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *