RODINEI – Flu consulta Flamengo e aguarda retorno

Compartilhe

O Fluminense segue no mercado buscando reforçar o seu elenco para a temporada 2022. E um dos nomes pretendidos, e um já pedido pelo treinador Abel Braga – anunciado recentemente nas Laranjeiras – é do lateral-direito Rodinei, com quem o treinador trabalho no ano passado. Atendendo à solicitação do novo técnico, a diretoria tricolor procurou direto os cartolas rubro-negros por inforamções acerca do jogador, buscando informações se o clube da Gávea teria interesse em negociar o atleta.

Brahma

O contato foi feito nessa semana e o que a diretoria tricolor ouviu foi que, por enquanto, o destino de Rodinei ainda não está definido. Isso porque a cúpula rubro-negra ainda estaria aguardando a definição do novo treinador para só então dar sequência na reformulação de seu elenco para a temporada.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

No entanto, e baseado em negociações recentes, estima-se que a diretoria do lado de lá não cederia o jogador sem custos. De acordo com informações do jornal “O Dia”, quando o Charlotte FC, dos EUA, fez uma proposta no início de dezembro, a pedida do Flamengo foi de US$ 1 milhão, algo na casa dos 5,6 milhões de reais. No entanto, e se esse cenário se repetir, o Flu não estaria disposto a seguir com as negociações.

ST


Compartilhe

2 thoughts on “RODINEI – Flu consulta Flamengo e aguarda retorno

  • 17/12/2021 em 08:57
    Permalink

    Esse Rodnei é um caneludo, tem sorte de ter um bom empresário, pois tecnicamente é fraco é pior ainda burro, essa de ter força e ser bom de grupo não convence, pagar mais por um jogador igual ou pior do q temos na casa é burrice; porém no meio futebolístico existem panelas bem construídas e são os treinadores quem operam esses esquemas pedindo barangas como essa … tomara q não venha, só vai ocupar espaços de outros iguais q temos na base ou sub-23.

    Resposta
  • 17/12/2021 em 13:06
    Permalink

    Recusa e bola pra frente. É só dizer pro Abelão: “puxa, amigo, não deu…” e pronto.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.