Hino versão pagode, lançamento de livro do Tri: Confira o que aconteceu na Flu Fest 2020

Compartilhe

A Flu Fest 2020 foi até o fim da noite do último sábado (25). Mas, por conta da pandemia da COVID-19, a sexta edição da festa teve de ser à distância. Em uma live de oito horas, o Fluminense comemorou o aniversário de 118 anos com direito a quiz entre influencer, lançamento do livro sobre o Tricampeonato Brasileiro de 2010 e um show do cantor e tricolor Ferrugem.

Dentro de campo, o Fluminense já havia conquistado duas vitórias sobre o Botafogo. Com um golaço de Luiz Henrique, o elencoSub-23 venceu o Sub-20 Alvinegro por 1 a 0. Enquanto no confronto entre os profissionais, Michel Araujo precisou de apenas um toque na bola para garantir a vitória pelo mesmo placar.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Restava então a Flu Fest para comemorar os 118 anos desde que Oscar Cox decidiu fundar o Fluminense Football Club. Com a apresentação de Ana Clara Lima, a festa em Laranjeiras começou às 19h com a disputa de um quiz entre 12 digital influencers tricolores. As perguntas, claro, sobre o título tricampeonato brasileiro, que em 2020, completa 10 anos.

Os participantes foram divididos em quatro equipes, batizadas com nomes importantes para o título como, por exemplo, Gum, Conca, Fred e Washington. Mas o Time do Coração Valente, formado por Gabriel Amaral, Phill QJ e Larissa Alves, foi o grande vencedor.

Lançamento do livro Time de Guerreiros: A Epopeia do Tri

Na sequência, o clube lançou o livro “Time de Guerreiros: A Epopeia do Tri”, Dhaniel Cohen e Carlos Santoto. A publicação conta a história de como o Fluminense fugiu de um rebaixamento praticamento certo em 2009 para voltar a ser campeão brasileiro no ano seguinte.

Para falar melhor sobre o assunto, o clube convidou três jogadores que fizeram parte do Tri. Fred e Digão, que estão no clube hoje, além de Tartá, que disputou o último Campeonato Carioca pelo Boavista.

Fred, Digão e Tartá na Flu Fest
Foto: Reprodução/Fluminense Football Club

Além disso, outros nomes mandaram um depoimento como Gum e Leandro Euzébio, a dupla de zaga menos vazada daquele Brasileirão, e o centroavante Washington.

Fred ainda aproveitou para comentou sobre a expectativa para voltar a jogar. De acordo com o camisa 9, o jogador deve retomar os treinos nesta semana ou na próxima. O atacante ainda se recupera de uma cirurgia no olho.

“Graças a Deus estou bem. Fiz um procedimento para acertar meu olho, que tinha girado um pouco ao longo do tempo. Era simples, mas por ser olho tinha que tomar cuidado. Comecei a treinar ontem e a previsão é que na próxima semana ou no fim dela eu já volte a trabalhar com meus companheiros”, revelou o terceiro maior artilheiro da história do Fluminense.

Show de Ferrugem

Por fim, coube ao cantor e tricolor Ferrugem fechar a noite com um show de pagode. O músico carioca, um dos principais da atualidade, cantou alguns de seus maiores sucessos. Como, por exemplo, “Sinto A Sua Falta” e “Pra Você Acreditar”.

Além disso, Ferrugem ainda aproveitou para fazer uma versão pagode do hino do Fluminense. Confira abaixo:

Mas para, completar, ainda faltava um show de fogos para colorir os céus da Zona Sul de verde, branco e grená.


Compartilhe

Lucas Meireles

Jornalista formado pela UFRRJ, apaixonado por esportes e pelas boas histórias.

3 thoughts on “Hino versão pagode, lançamento de livro do Tri: Confira o que aconteceu na Flu Fest 2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.