No Maracanã, Fluminense perde para o São Paulo e segue sem vencer sob o comando de Marcão

Compartilhe

O Fluminense foi derrotado pelo São Paulo por 2 a 1, no Maracanã, e segue sem vencer desde que Odair deixou o comando da equipe. De lá para cá foram três jogos, com duas derrotas e um empate. Com o resultado, o Tricolor estacionou nos 40 pontos e corre o risco de ser ultrapassado pelo Santos na rodada.

Como o Flu foi a campo

O jogo

Em grande parte do primeiro tempo, o Fluminense foi controlado pelo São Paulo, que, apesar de não criar grandes chances até os 14 minutos, deteve a posse de bola e ditou o ritmo do jogo. O Flu, por sua vez, se organizou defensivamente e até dificultou qualquer tipo de ação ofensiva do São Paulo, mas encontrou muitas dificuldades em propor qualquer tipo de perigo ao gol defendido por Tiago Volpi.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Aos 14 minutos, em saída errada de Wellington Silva, a bola caiu nos pés do adversário, que rodou a bola na entrada da área do Flu e encontrou Reinaldo pelo lado esquerdo. O lateral teve liberdade para dominar, olhar para a área, ajeitar o corpo e colocar a bola na pequena área. A defesa do Flu não acompanhou a movimentação de Brenner, que, sozinho, se jogou na bola para abrir o placar para o São Paulo.

O Fluminense continuou sem poder de criação e mal encontrava seu centroavante no jogo. Além disso, as tentativas de rápidas em contra-ataques com Wellington Silva e Michel Araújo se mostraram infrutíferas.

Na volta para o segundo tempo, o Fluminense até demonstrou uma tentativa de mudança de postura. Pressionou a saída de bola do São Paulo nos primeiros minutos, que, inclusive, rendeu o gol de empate ao Flu. Em saída errada de Gabriel Sara, Fred aproveitou e acertou um belíssimo chute de fora da área.

Fluminense até igualou a partida e, inclusive, foi superior em certo momento. Aos 37 anos, o camisa 9 foi o comandante das principais tentativas do Fluminense na partida, mas desperdiçadas pelos companheiros. No entanto, aos 28 minutos, mais um gol do São Paulo. Mais um de Brenner. O atacante recebeu mais um passe dentro da pequena área, mas parou em Marcos Felipe. Porém, na sequência do lance interceptou o rebote de Vitor Bueno e desempatou a partida.

Marcão até tentou mudar a postura colocando Miguel e Caio Paulista nos lugares de Yuri e Wellington Silva, mas já era tarde. O Flu ainda chegou, aos 40 minutos, com Fred e Caio Paulista, mas este chutou por cima do gol.

Situação na tabela e próximo compromisso

Com a derrota, o Fluminense segue sem vencer sob o comando de Marcão e estacionou na tabela de classificação. Com 40 pontos, o Flu pode ser ultrapassado pelo Santos ainda nesta rodada. A equipe santista enfrenta o Ceará, na Vila Belmiro.

Fluminense é o sétimo colocado, mas vê os adversários de cima se distanciarem; e os de baixo encostarem (Foto: 365 Scores)

O próximo compromisso do Fluminense é o Fla-Flu, no dia 06 de janeiro, no Maracanã.


Compartilhe

12 thoughts on “No Maracanã, Fluminense perde para o São Paulo e segue sem vencer sob o comando de Marcão

  • 26/12/2020 em 23:12
    Permalink

    Já deu, Marcão não tem condições de exercer satisfatoriamente o cargo

    Resposta
  • 26/12/2020 em 23:27
    Permalink

    Técnico ameaçado ai vem com o time com yuri de titular ta de sacanagem ne..

    Como que aguenta esse danilo barcelos..

    Calegari ta achando que e craque.

    E por último fred com vontade de ganhar .. Se tivesse algum jogador com o mesmo espírito.

    Marcao com todo meu respeito.. Pedi pra sair e volta pro sub 23.

    Resposta
    • 27/12/2020 em 11:34
      Permalink

      Só na cabeça do jabazeiro do Angione e do Presidente que o Marcão é técnico.
      Não é técnico nem de fraldinha, quanto mais de profissionais.
      Não sabe nada.

      Resposta
  • 27/12/2020 em 00:18
    Permalink

    Que primeiro gol bobo que o Fluzão tomou!
    O Barcelos entrou em campo?
    E o WS? O que faz no Fluzão além da contumaz displicência?

    Resposta
  • 27/12/2020 em 00:30
    Permalink

    Dos três jogos do Marcão, este foi o menos pior. Com o Odair o Fluzão também disperdiçava várias oportunidades de contra ataque, e hoje tivemos umas três oportunidades claras!
    Barcelos, WS, Iuri, comprometeram e muito o desempenho coletivo da equipe.
    Marcos Paulo é incógnita, acho que está mais com a cabeça fora do Fluzão do que dentro.
    Boa partida do Fred e do Iago, que aliás deveria ser titular da equipe.
    Quando troca comando técnico não tem jeito, mesmo sendo auxiliar, trata-se de outra pessoa. O Marcão não está preparado ainda para ser técnico. Infelizmente, pois seria bom para o Fluzão se estivesse.

    Resposta
  • 27/12/2020 em 00:31
    Permalink

    Marcão não se impõe e manda a campo uma equipe inofensiva, não reúne os requisitos minimos para ser treinador dos profissionais; faltam-lhe conhecimento e ambição.
    E o FLUMINENSE vai ladeira abaixo com Mário esfregando as mãos aguardando propostas por Kayky e demais destaques do sub-17.

    Resposta
    • 27/12/2020 em 09:12
      Permalink

      Daqui a pouco, o MAV pago pela gestão aparece por aqui e dá os chiliques dele…

      Resposta
  • 27/12/2020 em 11:24
    Permalink

    O “profechor” Marcão está botando pra quebrar (o time). Chega de enganação, ele não tem a menor condições de ser o treinador do fluminense, sorte é que Odair Rellmamn deixou o Flu com 39 pontos. Com Marcão o time virou um bando em campo, não existem triangulação, ultrapassagem etc.. cada um faz o que quer, só bola para o lado, para trás e chutão para frente. Fora Marcão. Precisamos de um técnico de verdade!!!!!

    Resposta
  • 27/12/2020 em 11:37
    Permalink

    Só na cabeça do jabazeiro do Angione e do Presidente que o Marcão é técnico.
    Não é técnico nem de fraldinha, quanto mais de profissionais.
    Não sabe nada.

    Resposta
  • Pingback: Análise Tática: Fluminense apresenta melhora, mas volta a cometer erros diante do São Paulo - Saudações Tricolores

  • 28/12/2020 em 14:39
    Permalink

    Fluzao ruma da sétima para a oitava posição (e depois tende a cair mais, pois está agora a quatro pontos do Palmeiras, que tem um jogo a menos). Prevejo tempos sombrios. Hellmann já deixa saudades.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.