Globo é condenada a pagar R$ 156,2 milhões à FERJ por rompimento do contrato de transmissão do Carioca

Compartilhe

A Justiça do Rio de Janeiro condenou a Globo a pagar o valor de R$ 156,2 milhões à Federação de Futebol do Rio de Janeiro pela rescisão unilateral do contrato de transmissão do Campeonato Carioca em 2020. A informação é do jornalista Rodrigo Mattos, do UOL.

No Carioca do ano passado, o Flamengo usou a chamada “MP do Mandante” para transmitir seus jogos em casa, o que fez com que a Globo acusasse a violação dos direitos de transmissão e rompesse unilateralmente o contrato com a FERJ. A entidade, por sua vez, alegou não haver razões para a rescisão e processou a Globo.

Foram duas ações movidas pela FERJ em face da emissora: uma pedindo o pagamento do valor referente ao ano de 2020 e outra requisitando o pagamento de danos materiais. Na última quinta-feira (20), o juiz Ricardo Cyfer, da 10ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro julgou procedente os dois pedidos da FERJ.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Em relação ao primeiro, o juiz deu à causa o valor de R$ 17.291.105,20. Já no pedido de danos materiais, o valor foi de R$ 138,9 milhões, montante que a FERJ teria direito ao final dos quatro anos de contrato com a Globo para a transmissão do Carioca. Somados, os valores totalizam R$ 156,2 milhões devidos pela Globo à entidade carioca.

 

Foto: Lucas Merçon/FFC


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.