“Eu quero ter mais importância dentro do Fluminense”, diz Ganso em texto

Compartilhe

O meia Paulo Henrique Ganso publicou um artigo no “The Players Tribune” onde falou sobre toda a sua trajetória no mundo do futebol. O jogador falou sobre os momentos vividos no Santos, no exterior e no Fluminense.

O camisa 10 Tricolor escreveu um longo trecho falando sobre a sua vinda ao Fluminense, a lesão sofrida no ano passado e que pretende ajudar o Flu muito mais nesse ano.

Ganso após o apito final e a entrega do título da Taça Guanabara
Paulo Henrique Ganso comemorando com a torcida o título da Taça Guanabara (Foto: Mailson Santana / Fluminense FC)

Confira o trecho completo onde Ganso fala sobre o Fluminense:

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

“Em 2019… Que recepção no Fluminense! Só tenho a agradecer ao torcedor.

Eu estava sem jogar, todo mundo naquela expectativa, e fui me adaptando. Aquele primeiro ano, pô, acho que a gente foi muito bem até, mas os resultados não vinham. Infelizmente.

A gente tava fazendo um futebol bonito ali. Me lembrava um pouco o que eu tinha vivido no Santos. Muita criação, improvisação.

Eu estava feliz em campo novamente. ALEGRIA de jogar bola!

Acredito muito que, se a gente tivesse continuado com o mesmo trabalho, aprimorando alguns pontos, trazendo algumas peças, as coisas iriam acontecer. Mas os resultados não vieram, e o Diniz acabou saindo.

No Brasil é assim. Se você não ganha, esquece.

2020 foi um ano difícil. Difícil pra todo mundo, não tô falando só de futebol. E 2021 continuou na mesma. Ainda tive a infelicidade de sofrer uma fratura no braço. Quatro meses fora.

Como eu falei, tudo vem da motivação, de se sentir importante. Por toda a minha história, toda a vivência, campeão de tanta coisa, eu sei que tenho muito a contribuir.

Eu quero ter mais importância dentro do Fluminense. Posso ajudar muito mais, jogar muito mais jogos, o máximo de tempo possível em campo, para conquistar títulos com o clube.

É o que eu vim buscar aqui.

É o que eu desejo neste ano.

É com esse pensamento que eu saio todo dia de casa para treinar, com essa mentalidade que entro em campo. No que depender de mim, isso tem tudo para acontecer.

Eu só queria ser jogador profissional. Esse era o meu sonho. O que veio depois é lucro.

Vamos ver o que futebol me proporcionará em 2022. Espero que seja um grande ano!”

ST,

Edu Marques


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.