Fala, professor: “A gente precisa é vencer”

Compartilhe

O Fluminense perdeu mais uma no campeonato. Em casa, pro São Paulo, e se manteve no Z4 do campeonato. Apesar da derrota, Diniz entendeu que o Flu merecia sorte diferente no jogo e que o São Paulo veio para empatar.

Confira os principais trechos da entrevista:

– O que a gente precisa é vencer. Temos de aumentar a chance de marcar e diminuir a do adversário. Agora, vamos recuar o time e apostar no contragolpe? Isso é garantia de ganhar? A gente tem de insistir. O caminho está correto. É frustrante para o torcedor, é para mim. Vocês sabem. Mas temos de trabalhar e melhorar nos jogos.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

– Não consigo separar o sistema defensivo do time. Essa análise fica ruim e não diz nada. Se pegar os dois jogos de hoje e do Vasco, sofremos quatro de bola parada. Como falar do sistema defensivo? Acho que o time fez um bom jogo. O São Paulo veio mais para empatar e acabou vencendo.

– Se a gente perguntar só do resultado, a gente não melhora o futebol. O que o técnico pode fazer é tentar fazer o time melhorar. O time joga sistematicamente bem. Temos de insistir para quebrar o paradigma. Acredito que vamos começar a vencer. É muito ruim jogar bem e ver o time nessa posição na tabela. É ruim para o torcedor, uma figura importante no futebol.

– O gol do Fluminense explica como resolver isso. Tem de ter bastante movimento coordenado, com criatividade dos atletas. É um dos jeitos. Mas não tem formula mágica. Precisa estar lá e treinar. Treinar mais. O que fez a gente criar menos foi os contragolpes que sofremos hoje. Correr para trás desgasta muito. No primeiro tempo, cedemos poucos. Mas ocorreu muito no segundo.

Por fim, falou sobre o risco de perder seu cargo no Flu:

– Isso pode acontecer. A gente precisa ter coragem e amor pelo o que faz. E gostar de onde está. Eu tenho tudo isso pelo Fluminense. Eu espero, de fato, que a gente comece a vencer. Isso é fundamental. A torcida conseguiu entender o que a gente quer no campo. Mas a gente precisa ganhar. A gente joga bem, joga bonito. Agora, eu já falei aos atletas, temos de ganhar. E só tem um jeito: insistir e acreditar no que estamos fazendo.

ST

Fonte: Globo Esporte e ST


Compartilhe

2 thoughts on “Fala, professor: “A gente precisa é vencer”

  • 28/07/2019 em 08:49
    Permalink

    Vamos continuar ouvindo essa ladainha e assistindo um futebol sem objetividade, sem vitórias e, consequentemente, sem pontos na tabela, até sermos rebaixados???

    Resposta
  • 28/07/2019 em 21:50
    Permalink

    Professor, aprenda rápido (o tempo está contra nós): ataque ganha jogo, defesa ganha campeonato.
    No início do ano o Flu marcava alto, tocava a bola nos últimos 2/3 do campo e assim que a perdia, iniciava a pressão para retomá-la.
    Hoje, troca passes na defesa chamando o adversário para o nosso campo, com poucas ultrapassagens objetivas e os laterais, quando na intermediária adversária, só tocam para trás.
    Agredimos muito pouco, não temos volume de jogo (no ataque), só posse de bola infrutífera a maior parte do tempo. Faltam jogadas ensaiadas e principalmente treinamento de defesa em bola parada.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.