Em busca do bicampeonato, Fluminense tem retrospecto positivo no Carioca Feminino de base

Compartilhe

Por Sharon Nigri Prais e Leticia Cunha

As equipes femininas de base retornaram aos gramados no domingo (7), para iniciar a disputa do Campeonato Carioca. Com novidade em relação às edições anteriores, nesta está acontecendo um torneio para cada categoria – sub-17 e sub-20. A estreia marcou uma dobradinha especial em Xerém, que contou onze gols marcados pelo Fluminense e nenhum sofrido.

Esta é a terceira participação tricolor no Estadual de base, sendo a primeira vez que há competição para os dois times. A primeira participação foi em 2019, quando foi vice-campeão sub-18. Em 2020, a federação cancelou o torneio por conta da pandemia de Coronavírus, voltando apenas no ano seguinte com o título do Fluminense. Nesta temporada, o Flu vai em busca do bicampeonato.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Dobradinha feminina em Xerém termina com duas vitórias pelo Carioca Feminino de base
Equipe Sub-17 cumprimentando a torcida presente em Xerém na estreia do Carioca da categoria. Foto: Marina Garcia/FFC

Campeonato Carioca Feminino Sub-18 2019

Na primeira participação no Estadual, a base tricolor chegou de forma inédita à final. O Fluminense ficou com o vice-campeonato após empatar no segundo jogo da decisão. Foram oito equipes participantes, divididas em dois grupos, classificando os dois melhores de cada.

Fechando a primeira fase com três vitórias em três jogos – sendo uma delas contra o Vasco -, as Meninas de Xerém enfrentaram o Botafogo na semifinal e mantiveram a invencibilidade. Empataram o primeiro clássico em 2 a 2, com gols da capitã Lara Dantas e Sarah. No segundo, jogando nas Laranjeiras, venceram por 2 a 0, Nubia e Carol Valle marcaram para classificar o Tricolor.

Na final, voltou a enfrentar o Vasco, que havia eliminado o Flamengo com uma vitória e um empate. O Flu perdeu o jogo de ida por 2 a 0 no Nivaldo Pereira e não conseguiu tirar a diferença em casa, ficando com o segundo lugar.

Confira os números:

  • 7 jogos;
  • 4 vitórias;
  • 1 derrota;
  • 2 empates;
  • 18 gols pró;
  • 4 gols contra
  • Artilheiras: Lara Dantas e Carol Valle – 4 gols
Fluminense vice-campeão Carioca Feminino Sub-18 de 2019
Time vice-campeão carioca de 2019. Foto: Laís Patrício/FFC

Campeonato Carioca Feminino Sub-18 2021

A campanha tricolor começou contra o mesmo adversário que teria na final: o Flamengo. Logo na primeira rodada, o clássico aconteceu na Gávea após empate em 1 a 1 nos 90 minutos – o regulamento previa disputa de pênaltis para jogos que terminassem empatados, dando um ponto extra ao vencedor. Nas penalidades, o time da casa levou a melhor na última cobrança.

No restante da primeira fase, o Flu manteve a invencibilidade diante de Duque de Caxias, Serra Macaense e Heips, chegando confiante na semifinal contra o Vasco. Em jogo único, as equipes se enfrentaram novamente no Nivaldo Pereira, mas desta vez com final feliz para as visitantes. Após abrir o placar com Luany, o Flu sofreu o empate e a vaga na final foi decidida nos pênaltis. Em tarde inspirada de Mari, que pegou três cobranças, as Meninas de Xerém foram resolver o título em casa.

O Estádio das Laranjeiras recebeu um Fla-Flu nervoso e equilibrado. Depois de empatar no tempo regulamentar, o Fluminense superou o Flamengo por 5 a 3 nos pênaltis em atuação decisiva da goleira Ravena. Assim, conquistou um novo título feminino para sua sala de troféus, o segundo da história. 

Após o inédito título de 2021, o Flu ainda pode contar com algumas jogadoras que participaram da campanha. A goleira Mariana, as irmãs Luiza e Duda Calazans, a zagueira Raphaela Saade, e as atacantes Laysa e Sandy ainda integram o elenco tricolor, que contou com muitos novos nomes para 2022. 

Confira os números: 

  • 6 jogos;
  • 3 vitórias;
  • 3 empates; 
  • 13 gols pró;
  • 3 gols contra;
  • Artilheira: Duda Calazans – 3 gols.
Foto: Marina Garcia/FFC

Campeonato Carioca Feminino Sub-17 e sub-20 2022 (em andamento)

O Carioca desta temporada marca duas mudanças importantes nas competições de base. Seguindo as recomendações da CBF, a FERJ organizou o Estadual em sub-17 e sub-20, e não mais sub-16 e sub-18. Além disso, é a primeira vez que a federação realiza competição para as duas categorias. 

A estreia dos dois times ocorreu no domingo (7) de manhã em Xerém. O sub-17 encarou o Barcelona e venceu por 8 a 0, com gols de Sandy (2), Duda Cerqueira, Maria Clara, Duda Calazans, Julia Pinto,  Mirella e Sarah. Já o sub-20, venceu o Bangu com gols de Lorena (2) e Tefa. Os próximos confrontos são no próximo sábado, às 9h e às 11h, contra o Rio de Janeiro, em Xerém. 


Compartilhe

578 thoughts on “Em busca do bicampeonato, Fluminense tem retrospecto positivo no Carioca Feminino de base

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *