SOB A LUZ DO REFLETOR – A Verdade Precisa Ser Dita!

Compartilhe

O Flu chegou ao G4. É certo que o São Paulo tem jogos a menos, mas a posição conquistada é essa, o futuro ninguém sabe. Entre as diferentes atuações do time, a regularidade em marcar pontos vem a tona. Hoje o Fluminense é um adversário difícil de ser encarado. Muitas criticas foram feitas, e por aqui não foi diferente, à nossa diretoria e ao nosso treinador. Cheguei a pedir a cabeça do Odair em algumas ocasiões, mas sem jogos no meio da semana podemos analisar melhor os fatos.

Primeiramente nosso presidente. Sua entrevista foi muito boa ao Donos da Bola nessa semana (https://saudacoestricolores.com/em-entrevista-mario-fala-sobre-o-caso-live-sorte-visita-de-candidato-contrato-do-estadual-e-muito-mais-confira/). Entre diversos assuntos, o que coloca um ponto muito positivo na atual gestão é a luta pelos salários em dia e com algum sucesso. Hoje o Flu atrasa muito menos e herdou um valor significativo de atrasados da gestão anterior. É sim um grande reforço para manter os jogadores focados e a paz no grupo. Além disso o Flu vem pagando dívidas passadas que já totalizaram quase 100 milhões de reais. Não é pouca coisa. O entendimento é claro que a casa vem sendo organizada na questão financeira. Mas temos criticas também, como sempre.

Nosso departamento de marketing melhorou perante anteriores, mas isso não é um grande avanço. Ainda é muito limitada nossas ações e mesmo sem grana, dá para fazer melhor. Nosso parceiro, a Umbro, deu um upgrade em relação ao parceiro anterior, mas ainda deixa muito a desejar na questão da distribuição. O Flu consegue lançar uma camisa e não ter estoque para distribuir no mesmo dia do lançamento. Pede 30 dias para entregar. Dá para pedir algo da China nesse período. Aconteceu na camisa verde e na rosa. Uma falha grosseira, que faz com que alguns torcedores nem voltem a tentar a compra novamente. Inadmissível. Precisamos melhorar nesses aspectos que são situações que trazem mais dinheiro ao clube: marketing melhorando nossa marca, atraindo mais patrocinadores e torcedores, e venda de camisas e acessórios.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Entrando nas quatro linhas, as eliminações da Sula e Copa do Brasil foram traumáticas ao torcedor. Não podem ser diminuídas com argumento de início de trabalho, haja vista os adversários que brilharam em cima da gente. É 100% compreensível o olhar torto do torcedor para Odair, até porque não foi só os jogadores que deixaram a desejar, foi muito o nosso professor também, que escalou errado, substituiu errado e jogou covardemente nas duas situações. É importante frisar que, no momento, Mario acertou e não mandar embora o Odair. O técnico conseguiu evoluir o time e com resultados importantes alcançou o topo da tabela. Foi uma decisão corajosa, que foi contra com certeza a maioria das opiniões dos torcedores e que vem dando certo por enquanto. Isso não significa que o Odair parou de errar…jamais!

Nosso treinador conseguiu fazer nosso time ser muito mais perigoso do que era meses atrás. Hoje realmente chegamos com mais gente na área adversária, agredimos mais, temos mais chances de gols do que antes e vencemos mais jogos. Mas nosso Odair Mourinho continua se equivocando em algumas situações. O que me deixa curioso é que são decisões que parecem óbvias, mas ele não faz.

Contra o Santos ele sacou o Caio Paulista e colocou o Ganso. Nenê já havia saído machucado para entrada de Marcos Paulo. O Flu vencia, mas era ameaçado. Mais uma vez cansava no meio e o Odair não mexia. Naquele momento tinham 3 substituições para serem feitas ainda. Será que não poderia ter colocado o André no lugar do Hudson ou até mesmo o Yuri, para dar gás novo na marcação? Será que não poderia ter colocado alguém de velocidade no ataque, para nosso contra golpe? Mesmo assim vencemos e ainda tivemos um contra ataque com Marcos Paulo e Fred, desperdiçado pro camisa 9. Acabamos o jogo com 3 substituições contra 5 do Santos. Não me recordo a vez que Odair usou as 5. Ganhamos sim, mas já empatamos e perdemos jogos no final pela demora em dar gás novo ao time e Odair precisa estar mais atento a isso. Chegar no G4 é difícil, mas se manter lá em cima mais ainda. Tem times de olho nessa vaga e vão dar trabalho como São Paulo, Grêmio, Palmeiras, Santos….Todo detalhe é importante.

Resumidamente, a verdade tem que ser dita: Os trabalhos estão sendo bem feitos! Porém, pelas eliminações precoces e tempos sem glórias, só terão notas altas se o Flu conseguir pelo menos a classificação para Libertadores, nem que seja a pré. Não que estejamos satisfeitos com isso, mas a racionalidade impera nesse momento e para um passo maior, precisaremos de muita evolução e sorte.

Toque Curto:

  • Trabalhos bons, ok. Mas será que precisamos manter o Julião no time? Não tem ninguém melhor? Não é possível!
  • Jogo difícil em Fortaleza. Uma vitória consagra 32 pontos no 1º turno. Grande resultado. Se quisermos manter essa posição na tabela, será necessário grandes resultados sempre.
  • Flu precisa resolver a questão Dodi. Que novela!
  • Camisa verde no site do Flu: Não tem M, G e GG. Camisa Rosa no site do Flu: Não tem nenhum número. Camisa Branca no site do Flu: Não tem G e GG. Camisa tricolor no site do Flu: Não tem nenhum número. Todas versões masculinas. Assim fica difícil fazer renda com venda de camisas. Precisa melhorar muito e URGENTE!

SDT


Compartilhe

4 thoughts on “SOB A LUZ DO REFLETOR – A Verdade Precisa Ser Dita!

  • 30/10/2020 em 11:09
    Permalink

    Meu comentário é a indignação de se renovar com esse Hudson e perder o Dodi, contrato desse Hudson acaba em dez deixa ir embora e renova com Hudson, o que paga a Hudson vai sobrar para o Dodi pelo amor de Deus por isso clube falido com esses dirigentes idiotas como elogia-los

    Resposta
  • 30/10/2020 em 12:00
    Permalink

    Pessoal acha que a gestão ta jogando Elifoot 2. Tem um botão “renovar” que é só apertar e pronto. Ta renovado.

    Resposta
  • 30/10/2020 em 13:15
    Permalink

    Na área de comunicação tem muito a melhorar, senão vejamos: o maior patrimônio do clube é a torcida.precisa de uma campanha permanente de conquista de novos torcedores. Sugestão: trabalhar em escolas, campos de futebol amador, organizar torneios, levar atletas as escolas, favelas, etc, distribuir como prêmio camisas entregues pelos atletas (Fred, Nene, Ganso, Lucas claro, Muriel, etc); baratear material esportivo (camisa 30,00; calção 20,00; meioēs 10,00 etc).time competitivo, guerreiro e conquistar títulos e exaltar. Relembrar todos os títulos (campeão mundial, títulos brasileiros, torneios na Europa, cariocas, etc); Relembrar ídolos (riva, assis, Washington, Paulo Victor, marco Antônio, duilio, deley, Edinho, branco, Renato gaúcho, Leonardo, ezio, manfrini, cafuringa, capita, pontinho, Castilho, Toninho, Oliveira, felix, Rogério, romerito, tato, doval, rei zulu, Didi, etc) homenagea-los e leva-los em visitas.gerson e PC caju homenageados sempre, enfim. Há muito o que fazer e torcedores a conquistar

    Resposta
  • 31/10/2020 em 11:33
    Permalink

    Sobre o número de substituições, acho que o Odair parou de fazer as 5 nos últimos jogos justamente porque perdeu jogadores por lesão ainda no primeiro tempo nesses jogos, precisando queimar uma parada de saída, e preferindo guardar uma pra emergência (afinal se mais alguém mãe machuca seria complicado jogar 15, 20 minutos com um a menos). Fica a sensação de que ele poderia fazer mais substituições, mas guardando uma e perdendo a primeira ele precisaria mudar 3 de uma vez, o que poderia bagunçar o time…

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.