Com salários quitados, Fluminense volta a ter pagamentos em dia

Compartilhe

A diretoria do Fluminense quitou, nesta terça-feira (28), os salários de Maio e Junho. As informações foram publicadas com exclusividade pelo Saudações Tricolores. Sendo assim, o clube voltou a ter os honorários em dia.

O Fluminense chegou a fechar 2019, já na administração de Mário Bittencourt, com a primeira parcela do 13º em dia. Mas, em 2020, o Tricolor precisou parcelar os débitos com os jogadores.

Assim, a remuneração de dezembro foi efetuada em duas parcelas, de 70% e 30%. A de janeiro, em três, de 50%, 30% e 20%, assim como fevereiro (25%, 15% e 60%) e março (40%, 20% e 40%).

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Ainda de acordo com a nossa apuração, faltam 50% dos salários de Abril. O valor, no entanto, foi negociado junto com a adequação salarial do elenco e agora a diretoria tem até o fim da temporada para quitar.

Antes, a última vez que o Flu havia registrado os honorários em dia havia sido no final de 2018. Quando o então presidente Pedro Abad acertou os salários pouco antes da partida decisiva contra o Athletico pela semifinal da Copa Sul Americana. O pagamento serviria como um estimulo aos atletas. Mas o resultado não veio dentro de campo e o Furacão acabou vencendo por 2 a 0.


Compartilhe

Lucas Meireles

Jornalista formado pela UFRRJ, apaixonado por esportes e pelas boas histórias.

1.239 thoughts on “Com salários quitados, Fluminense volta a ter pagamentos em dia