Lateral Marlon deve ser novamente negociado pelo Fluminense

Compartilhe

O lateral Marlon se despediu na última segunda-feira (27) do Boavista, de Portugal. Mas o jogador, de 23 anos, não deve retornar ao Fluminense. De acordo com a Rádio Tupi, o atleta deve ser novamente emprestado com opção de compra.

Ainda segundo a radiodifusora, Marlon tem propostas de outros clubes do Velho Continente, como os turcos do Trabzonspor. A nossa reportagem apurou que o jogador realmente não está nos planos do Flu e que deve ser negociado em breve.

Atualmente, o técnico Odair Hellmann já conta com Egídio e Orinho como opções para a lateral-esquerda. Além disso, o treinador ainda pode recorrer aos jogadores da categoria Sub-23 ao longo do Campeonato Brasileiro.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Enquanto esteve em Portugal, o lateral atuou em 28 partidas, marcando um gol e contribuindo com duas assistências. O jogador vivia um momento de afirmação no futebol português, mas a boa fase acabou sendo interrompida após uma lesão no rosto.

Pelo Fluminense foram 70 jogos entre 2017 e 2019.

De promessa à reserva no Flu

Revelação do Criciúma e das Seleções Brasileiras de Base, Marlon chegou ao Fluminense em meados de 2017. Assim como o zagueiro Nino, atualmente, o clube catarinense cedeu o jogador pela possibilidade de vitrine para o futebol europeu.

Em 2018, o Tricolor acertou a compra em definitivo dos direitos econômicos de Marlon por R$ 2 milhões de reais. Entretanto, no mesmo ano acabou perdendo a concorrência para Ayrton Lucas.

Na temporada seguinte, perdeu ainda mais espaço na equipe do técnico Fernando Diniz para Caio Henrique e Mascarenhas. Sendo enfim emprestado ao Boavista-POR.

Em Junho deste ano, no entanto, o lateral falou sobre a possibilidade de retornar ao Tricolor.

“Sem dúvidas. O Fluminense é um clube fantástico. Tenho muitos amigos no clube. Tenho contrato, se eu voltar, retornarei muito feliz, para trabalhar, desempenhar meu papel. Acompanho o time daqui. Tem dois bons jogadores na posição. O Egídio é referência, multicampeão. Mas ainda não sei o dia de amanhã. Se um dia o clube quiser contar com meu trabalho, voltaria tranquilamente para dar meu máximo pelo clube”, disse Marlon em entrevista ao “GE”.

Sem data para se reapresentar no CT Carlos Castilho, Marlon permanece em sua cidade natal, Cascavel, no Paraná, enquanto aguarda o desfecho das negociações.

ST


Compartilhe

Lucas Meireles

Jornalista formado pela UFRRJ, apaixonado por esportes e pelas boas histórias.

668 thoughts on “Lateral Marlon deve ser novamente negociado pelo Fluminense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *