EXCLUSIVO: Mais maduro e artilheiro – Samuel Granada analisa a temporada, fala sobre o momento e elogia o trabalho no Sub-23: “Nível mais próximo do profissional”

Compartilhe

Por João Eduardo Gurgel

O Fluminense entra em campo hoje às 15h, contra o Fortaleza, pelo jogo da volta das quartas de final do Brasileirão de Aspirantes. Com o placar da primeira partida foi de 2×2, qualquer vitória do tricolor coloca o time de volta as semifinais, fase onde chegou na edição de 2020.

Um dos nomes que podem ser decisivos na partida de hoje é o centroavante Samuel Granada. Aos 21 anos, e bem mais experiente, o jovem vem se destacando na edição de 2022 do torneio, sendo o artilheiro da edição com cinco gols. Em entrevista exclusiva ao Saudações Tricolores, o atacante destaca a importância da partida de logo mais.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

Samuel Granada é um dos destaques do Sub-23 do Flu em 2022 – Foto: Mailson Santana/FFC

“Sabemos que vai ser um jogo difícil, o Fortaleza é um forte adversário. Vamos dar nosso melhor até o final, jogar com garra como estamos fazendo o campeonato todo. Sempre buscando fazer gol e trazer a vitória pro nosso time e com isso, garantir nossa classificação.”

Samuel chegou no Flu em 2015, vindo proveniente do Nova Iguaçu. Ele passou por todas as categorias de Xerém até o profissional, mas vem atuando pela equipe de Aspirantes para continuar mantendo o ritmo de jogo. Bem mais maduro, ele afirma que o Sub-23 é o nível mais próximo do futebol praticado na equipe principal.

“A categoria Sub 23 está no nível mais próximo do profissional, considerando a minha experiência jogando em times profissionais dentro e fora do Rio de Janeiro, eu consegui comprovar que as competições e os jogos, tem o nível próximo do que é no profissional. Eu acho isso muito importante, me ajuda a manter o nível dos jogos.”

A atual temporada está sendo muito produtiva para o atacante. Após ser emprestado para o Vitória em 2021 e pouco atuar, o jovem regressou ao Nova Iguaçu e fez um ótimo Campeonato Carioca em 2022, marcando seis gols. Depois, regressou ao tricolor para a disputa do Brasileirão de Aspirantes e já anotou cinco gols. Já são 11 bolas na rede na época. Ele atribui esse bom momento a alguns fatores.

“Eu atribuo primeiramente a Deus que sempre me abençoou e me deu forças para não desistir dos meus sonhos. Depois, a minha família que sempre esteve do meu lado, me apoiando e dando todo o suporte necessário no momento que eu mais precisei. Por último não posso deixar de mencionar a minha dedicação, disciplina com os treinos, colocando sempre como prioridade o meu compromisso com o time.”

Samuel marcou seis gols e deu 3 assistências no Carioca de 2022 pelo Nova Iguaçu, sendo vice-artilheiro do torneio – Vitor Melo/Nova Iguaçu F.C.

Na edição de 2020 do Brasileirão de Aspirantes, o Fluminense chegou nas semifinais, sendo derrotado pelo Vila Nova-GO. Naquela ano, Samuel também esteve na equipe e marcou cinco gols no torneio. Ele conta as principais diferentes dos elencos de 20 e 22.

“A diferença do time de 2020 para o 2022, é que o anterior era um time mais experiente, com um bom condicionamento físico. O de 2022 é mais técnico e tem mais jogadores novos. Se atribuirmos a técnica desse ano. Com muito foco e dedicação, continuar subindo o nível em cada jogo, acredito que a gente tem tudo para ser campeão.”

Samuel comemora gol com Martinelli em 2020 – Foto: Mailson Santana/FFC

Por fim, Samuel destaca a importância e a qualidade do projeto Sub-23. Criado pelo diretor de futebol Paulo Angioni, a equipe já contribuiu na formação e maturação de atletas que hoje já estão no time principal, como Martinelli, Gabriel Teixeira (atualmente emprestado ao Grêmio) e John Kennedy.

O Sub-23 é um projeto que foi e está sendo muito importante na minha vida. Da outra vez que eu estive nessa categoria, foi minha oportunidade para estrear no profissional, pois conseguimos fazer um bom trabalho no Sub-23, chegamos na semi-final. E posso dizer que o que me ajudou ir para o profissional foi a minha boa temporada no time de aspirantes. A estrutura do time também é muito boa, me ajudou a ter uma performance melhor e dar continuidade na minha carreira.

Saudações Tricolores

 

 


Compartilhe

38 thoughts on “EXCLUSIVO: Mais maduro e artilheiro – Samuel Granada analisa a temporada, fala sobre o momento e elogia o trabalho no Sub-23: “Nível mais próximo do profissional”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *