Diniz comenta sobre desgaste e explica escalação: “Time que foi a campo é porque achei importante rodar”

Compartilhe

Neste domingo (03), o Fluminense perdeu para o Botafogo por 4 a 2, no Maracanã. A escalação inicial foi alvo de crítica dos torcedores e um dos principais assuntos na coletiva.

Devido à final da Recopa Sul-Americana, Fernando Diniz levou a campo um time repleto de jogadores que não foram utilizados na partida do meio de semana.

“Time que foi a campo é porque achei importante rodar. Temos jogadores para isso, tivemos um jogo muito desgastante (contra LDU), em que muitos jogadores relataram cansaço e que dobraram com o Flamengo. Preferimos colocar um time com mais saúde.” – disse Diniz.

FOTO DE MARCELO GONÇALVES /FLUMINENSE FC

Com o placar negativo, o Fluminense chega à marca de 11 clássicos sem vitória. Diniz discutiu sobre esse tema na coletiva.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

“O resultado do clássico não impacta no dia a dia. Minha vontade sempre foi de ganhar todos os jogos. Temos que continuar trabalhando para melhorar para que no próximo clássico a gente vença. Temos que trabalhar e procurar fazer o nosso melhor em todas as partidas. Melhorar o que aconteceu no jogo de hoje e que não conseguimos vencer.”

Tendo enfrentado o Botafogo três dias depois da final da Recopa, Diniz comparou confronto deste domingo com a partida contra o Internacional do ano passado. No caso, o Tricolor jogou no Beira-Rio quatro dias após ter vencido a Libertadores.

“O Fluminense soube aproveitar as oportunidades e estamos muito felizes com os que vieram. Temos jogadores consagrados e uns mais jovens também. Estou bastante feliz com o que temos. Esperamos dar bastante informação para todos que estão chegando para ficarmos na mesma página. Depois do jogo de quinta é muito difícil manter o foco. Contra o Inter foi a mesma coisa, parecida. Precisamos aprender a conviver com esses momentos. Quando temos o momento de celebração importante temos que reestabelecer para voltar o foco.”


Compartilhe

101 thoughts on “Diniz comenta sobre desgaste e explica escalação: “Time que foi a campo é porque achei importante rodar”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *