De férias, Thiago Silva visita o CT Carlos Castilho para manter a forma e diz: “Como é bom voltar para casa”

Compartilhe

O Centro de Treinamento Carlos Castilho recebeu uma visita para lá de especial na manhã desta terça-feira (21/06). Enquanto cumpre férias pelo calendário europeu, o zagueiro Thiago Silva reencontrou jogadores e funcionários do Fluminense. Ele ainda aproveitou para realizar atividades físicas na academia.

À vontade, o ídolo da torcida tricolor falou sobre o sentimento de estar em casa no Fluminense e reencontrar os amigos. Thiago Silva ainda fez questão de tecer elogios à estrutura e ao bom momento do clube. Durante a visita, o Monstro recebeu uma camisa das mãos do amigo Marcão, que faz parte da comissão técnica permanente do Tricolor.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

“Vir aqui é como voltar para casa. Uma felicidade enorme rever os amigos. Agora estou aproveitando um pouquinho das férias no Rio e sempre que estou aqui procuro vir para reencontrar as pessoas. É sempre uma alegria muito grande ver tantos amigos, ver o clube bem. Isso é o que mais importa. Sempre que posso eu acompanho os jogos, então participar um pouco desse momento me traz uma alegria enorme”, afirmou o zagueiro, que hoje defende as cores do Chelsea e da Seleção Brasileira.


Thiago Silva é formado nas categorias de base do Fluminense, em Xerém. Depois de rodar por alguns clubes, o Monstro retornou ao Tricolor para, enfim, defender o time profissional, entre 2006 e 2008, quando efetivamente construiu sua idolatria junto à torcida. Durante este período, conquistou o título da Copa do Brasil de 2007 e ajudou a levar o Flu à decisão da Libertadores de 2008. Thiago Silva tem 146 jogos e 14 gols pelo clube.

O defensor, que provavelmente integrará a lista de convocados de Tite para a Copa do Mundo, tem contrato até o fim da próxima temporada europeia com o Chelsea. Entretanto, já demonstrou o interesse em retornar ao Fluminense diversas vezes. Ao que tudo indica, o zagueiro esperará passar o evento no Catar, pois ainda enxerga a necessidade de atuar em alto nível, para depois negociar um retorno para o clube que o formou.

ST


Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.