Árbitro da final teve atuação questionada na Copa do Mundo por jogadores de Portugal

Compartilhe

O árbitro Facundo Tello, 42 anos, foi escalado para ser o juiz do segundo jogo entre Fluminense x LDU pela Recopa Sul-Americana, nesta quinta-feira (29). O argentino foi bastante criticado pelos jogadores de Portugal após a eliminação para Marrocos na Copa do Mundo de 2022.

 

Segundo o zagueiro da seleção portuguesa Pepe, o árbitro permitiu cera durante o jogo, que acabou 1×0 para a seleção africana. Pepe demonstrou raiva com a atuação da arbitragem: “Não é ansiedade, é raiva, porque não nos deixaram jogar no segundo tempo”.

Você conhece nosso canal no YoutubeClique e se inscreva! Siga também no Instagram

O meia Bruno Fernandes foi outro que criticou a atuação do juiz. Ele reclamou de um pênalti não marcado em cima dele, ainda no primeiro tempo, e disse: “Isso é minimamente estranho, porque temos árbitros que apitam Liga dos Campeões, e se têm qualidade e nível para apitar Liga dos Campeões também têm para estar aqui. E esses árbitros não apitam Liga dos Campeões, não estão habituados a esse nível de jogo”

Árbitro dá 10 cartões vermelhos na final argentina após confusão em campo | CNN BrasilFoto: Marcelo Endelli/Getty Images

 

Facundo também ficou conhecido por aplicar 10 cartões vermelhos durante a final do Troféu dos Campeões da Argentina em 2022. Foram 7 cartões para o Racing e 3 para o Boca Juniors. 

 

Com a vantagem de 1×0 no placar, a equipe equatoriana vem ao Rio de Janeiro para assegurar o resultado e a cera irá fazer parte do jogo adversário. O Fluminense precisa ganhar, no mínimo, por dois gols de diferença para ser campeão inédito da competição nos 90 minutos. Em caso de empate no agregado, a partida será levada para prorrogação.  


Compartilhe

2 thoughts on “Árbitro da final teve atuação questionada na Copa do Mundo por jogadores de Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *